Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Remake

Cópia? Compare as primeiras chamadas de Pantanal na Globo e na Manchete

Nova novela das nove estreia em 28 de março

Publicado em 23/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O primeiro chamadão de Pantanal na Globo impressionou o público pelas imagens paradisíacas, mas também pela semelhança com a novela original, exibida pela Manchete e que se tornou uma das maiores produções da TV brasileira. Confira abaixo o anúncio da nova versão, exibido no intervalo de Um Lugar ao Sol, e como a anterior foi divulgada em 1990:

Obviamente há diferenças entre as duas chamadas. A Globo adotou o formato cinematográfico de trailer, enquanto a Manchete optou por explicar a história, até então inédita para o público. O protagonista da história, que não é ninguém do elenco, foi mostrado à exaustão, e com razão: o Pantanal é exuberante!

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Além das belas paisagens, a Manchete explorou a sexualidade e a nudez, elemento quase ignorado pela Globo. Somente Bruna Linzmeyer, que herda o papel de Madeleine de Ingra Lyberato, apareceu nua, mas com os seios cobertos pela sua posição na cena e pelo enquadramento da câmera.

Maria Marruá ganhou mais destaque na chamada na Globo por ser interpretada por Juliana Paes, uma das principais atrizes da emissora. Juma, personagem de Alanis Guillen, limitou-se a poucas falas e muitos olhares, por sinal, idênticos aos de Cristiana Oliveira, a “mulher-onça” original.

A nostalgia bateu forte mesmo com a trilha sonora. A nova Pantanal manteve a trilha de abertura, regravada pelo mesmo Marcus Viana. Até o slogan da trama de 1990 foi citado durante o chamadão da última terça: “Uma história de amor no coração do Brasil”, mostrando que a novela da Manchete não foi apenas a “primeira versão”, mas uma obra-prima na qual a Globo deveria se espelhar. e fez muito bem.

No fim, ficou a impressão de que a Globo realizou o sonho de produzir a novela que havia rejeitado nos anos 80, levando Benedito Ruy Barbosa a oferecer sua história para Manchete. A partir de 28 de março (um dia após o aniversário da estreia de Pantanal na Manchete), a Globo espera fazer história com a sua Pantanal.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....