Brega e chique, The Masked Singer é o programa mais SBT da história da Globo

Atração comandada por Ivete Sangalo estreou nesta terça-feira (10)

Publicado em 11/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após décadas investindo em conteúdo “cabeça”, bem feito e sem graça, a Globo ouviu o clamor popular e tomou a melhor decisão em 56 anos de história: gastou dinheiro com coisa brega. Nesta terça-feira (10), promoveu o entretenimento raso e divertidíssimo com a estreia de The Masked Singer Brasil, gincana com a cara do SBT, mas na emissora rival.

A coluna questiona: como Silvio Santos, mestre em copiar formatos gringos, deixou escapar um programa tão maluco? Certamente ele pegaria a atração e colocaria uma das filhas para apresentar. Coube à Globo rasgar seu padrão de qualidade e exibir em horário nobre celebridades cantando fantasiadas com disfarces esdrúxulos, sob o comando da carismática Ivete Sangalo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O maior atrativo é tentar adivinhar os famosos escondidos por trás das roupas. Eles entraram no luxuoso cenário vestidos de unicórnio (supostamente uma ex-artista do SBT, Priscilla Alcântara), arara, astronauta, hot dog. Quando um coqueiro pisou no palco, Eduardo Sterblitch sentenciou: “É o Silvio Santos na Flórida!”.

O júri também deu um show à parte chutando nomes surreais para descobrir as celebridades. Simone, irmã de Simaria, evocou Adamastor Pitaco (lembra dele?) ao chutar a celebridade por trás da fantasia de coqueiro (ver Adamastor no palco da Globo, aliás, seria ainda mais “SBT”).

Sterblitch, ao ouvir o cachorro-quente gigante cantando Sai da Minha Aba (do Só Pra Contrariar), cravou Anderson Leonardo, vocalista do Molejo. No fim, o “dogão” perdeu na estreia e revelou sua identidade, para desespero do comediante: “Sidney Magal vestido de hot dog cantando Alexandre Pires. Eu estou muito louco?”.

Enquanto Rodrigo Lombardi tentava jogar sério, Taís Araújo incorporou uma legítima jurada do Show de Calouros e distribuiu palpites e gafes. Apostou que a arara era a jornalista Ilze Scamparini, correspondente da Globo na Itália. Quando a celebridade disfarçada de girassol afirmou ser apaixonada por Thiaguinho, a atriz berrou o nome da ex-mulher do pagodeiro: “É a Fernanda Sou… ai, não, gente, que mico!”.

Taís definiu perfeitamente o que é The Masked Singer na Globo: “É uma loucura boa”. O brasileiro precisava de um entretenimento “brega e chique” na TV. Que venham os próximos episódios.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio