Análise

Brega e chique, The Masked Singer é o programa mais SBT da história da Globo

Atração comandada por Ivete Sangalo estreou nesta terça-feira (10)

Publicado em 10/08/2021

Após décadas investindo em conteúdo “cabeça”, bem feito e sem graça, a Globo ouviu o clamor popular e tomou a melhor decisão em 56 anos de história: gastou dinheiro com coisa brega. Nesta terça-feira (10), promoveu o entretenimento raso e divertidíssimo com a estreia de The Masked Singer Brasil, gincana com a cara do SBT, mas na emissora rival.

A coluna questiona: como Silvio Santos, mestre em copiar formatos gringos, deixou escapar um programa tão maluco? Certamente ele pegaria a atração e colocaria uma das filhas para apresentar. Coube à Globo rasgar seu padrão de qualidade e exibir em horário nobre celebridades cantando fantasiadas com disfarces esdrúxulos, sob o comando da carismática Ivete Sangalo.

O maior atrativo é tentar adivinhar os famosos escondidos por trás das roupas. Eles entraram no luxuoso cenário vestidos de unicórnio (supostamente uma ex-artista do SBT, Priscilla Alcântara), arara, astronauta, hot dog. Quando um coqueiro pisou no palco, Eduardo Sterblitch sentenciou: “É o Silvio Santos na Flórida!”.

O júri também deu um show à parte chutando nomes surreais para descobrir as celebridades. Simone, irmã de Simaria, evocou Adamastor Pitaco (lembra dele?) ao chutar a celebridade por trás da fantasia de coqueiro (ver Adamastor no palco da Globo, aliás, seria ainda mais “SBT”).

Sterblitch, ao ouvir o cachorro-quente gigante cantando Sai da Minha Aba (do Só Pra Contrariar), cravou Anderson Leonardo, vocalista do Molejo. No fim, o “dogão” perdeu na estreia e revelou sua identidade, para desespero do comediante: “Sidney Magal vestido de hot dog cantando Alexandre Pires. Eu estou muito louco?”.

Enquanto Rodrigo Lombardi tentava jogar sério, Taís Araújo incorporou uma legítima jurada do Show de Calouros e distribuiu palpites e gafes. Apostou que a arara era a jornalista Ilze Scamparini, correspondente da Globo na Itália. Quando a celebridade disfarçada de girassol afirmou ser apaixonada por Thiaguinho, a atriz berrou o nome da ex-mulher do pagodeiro: “É a Fernanda Sou… ai, não, gente, que mico!”.

Taís definiu perfeitamente o que é The Masked Singer na Globo: “É uma loucura boa”. O brasileiro precisava de um entretenimento “brega e chique” na TV. Que venham os próximos episódios.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.