Curiosidades da TV

Projeto Resgate e Projeto Originalidade confundem alguns assinantes do Globoplay, mas alvoroçam a “bolha noveleira”

Há quase dois anos e meio, plataforma iniciou mergulho mais profundo no acervo da TV Globo

Publicado em 22/10/2022

Desde maio de 2020, com a disponibilização das novelas A Favorita (2008-2009) e Tieta (1989-1990) no Globoplay, em versões integrais, inaugurando o Projeto Resgate, que traz à tona os clássicos da dramaturgia da TV Globo, a cada duas semanas um novo título entra no catálogo da plataforma.

Esse mergulho mais profundo no acervo da emissora já proporcionou a novas gerações de espectadores a possibilidade de conhecer clássicos que ajudaram a construir a história do gênero novela, como O Bem-amado (1973), Pecado Capital (1975-1976), Pai Herói (1979), Guerra dos Sexos (1983) e Roda de Fogo (1986-1987), entre muitos outros. Nesta segunda-feira (24), será a vez de Anjo Mau (1976).

Além disso, o Projeto Originalidade corre em paralelo, com a substituição gradual de conteúdos já constantes do catálogo por suas versões tal e qual foram exibidas na TV aberta originalmente – daí seu nome -, com abertura, vinhetas, divisão de capítulos e qualidade de imagem correspondentes.

Só para ilustrar, recentemente novelas como Celebridade (2003-2004), Senhora do Destino (2004-2005) e Belíssima (2005-2006), que constavam do catálogo do Globoplay em versões reeditadas, feitas para o Vale a Pena Ver de Novo, foram relançadas, agora como parte do Projeto Originalidade, com as características de suas exibições originais.

No entanto, como o Projeto Resgate em geral também se encaixa nessas características com os clássicos quinzenais, por vezes ocorre uma confusão das duas iniciativas.

Confusão que parte também, por exemplo, da lembrança que a “bolha noveleira” tem da campanha de lançamento do Projeto Resgate, ao som de Roberto Carlos, com sequências de novelas famosas a serem resgatadas.

Estreando sua nova temporada no canal do Observatório da TV no YouTube, Curiosidades da TV trata dos dois projetos, Resgate e Originalidade, seu retrospecto e suas diferenças. Confira o vídeo!

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade