Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Clássicos

Pão-pão, Beijo-beijo ainda nem estreou no Viva, mas o canal já tem substituta em vista

Novela de Walther Negrão foi ao ar em 1983 na faixa das 18h e deve substituir Amor Com Amor se Paga

Publicado em 07/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Para o horário das 14h30, que tem apostado em novelas mais antigas e atualmente apresenta Amor Com Amor se Paga (1984), de Ivani Ribeiro, o Canal Viva deve programar a reprise de Pão-pão, Beijo-beijo (1983), substituindo a história protagonizada por Ary Fontoura como o avarento Nonô Correia.

Escrita por Walther Negrão e originalmente levada ao ar na faixa das 18h, a novela tem previsão de estreia no canal pago para 16 de maio, informa a jornalista Patrícia Kogut no jornal O Globo.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Arnaud Rodrigues e Cláudio Marzo em Pão-Pão, Beijo, Beijo (Reprodução/Globo)

Novela dos anos 1970 pode entrar no horário no final do ano

No entanto, ainda que Amor Com Amor se Paga mal tenha passado da metade e haja toda a disputa das irmãs Bruna (Elizabeth Savala) e Luiza (Maria Cláudia) pelo amor de Ciro (Cláudio Marzo) pela frente nos próximos meses em Pão-pão, Beijo-beijo, além da amizade de Ciro e Soró (Arnaud Rodrigues), o Viva já pensa em que novela deve entrar no horário na sequência.

Se nada mudar e os direitos autorais forem devidamente acertados nesse meio tempo, em 24 de novembro Pão-pão, Beijo-beijo deve ceder o horário para a primeira versão global de Gabriela (1975), escrita por Walter George Durst a partir da obra de Jorge Amado.

Logotipo da novela Gabriela, de 1975 (Reprodução/TV Globo)

Sônia Braga deu vida à personagem-título da história, que se passa na cidade baiana de Ilhéus na década de 1920. Junto a ela nos papéis centrais Armando Bogus (Nacib), Paulo Gracindo (Coronel Ramiro Bastos), José Wilker (Mundinho Falcão), Nívea Maria (Jerusa), Elizabeth Savala (Malvina) e Fúlvio Stefanini (Tonico).

Em 2012, a TV Globo produziu uma nova versão de Gabriela, adaptada por Walcyr Carrasco. Juliana Paes foi a protagonista. Humberto Martins (Nacib), Antonio Fagundes (Coronel Ramiro Bastos), Mateus Solano (Mundinho Falcão), Luiza Valdetaro (Jerusa), Vanessa Giácomo (Malvina) e Marcelo Serrado (Tonico) também tiveram destaque.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....