Quem diria!

Prestes a morrer, Gilda faz Marcelino chorar de emoção com declaração no final de Amor Perfeito

Vilã abre o coração e tem atitude surreal com o garotinho

Publicado em 18/09/2023

Desmascarada e arrastada para a prisão, Gilda (Mariana Ximenes) tem um momento sublime no final de Amor Perfeito. A megera deixa as maldades de lado e faz Marcelino (Levi Asaf) chorar com uma declaração.

Condenada por atirar em Leonel (Paulo Gorgulho) e por uma série de crimes, a vilã é presa, mas foge da cadeia com a ajuda de Gaspar (Thiago Lacerda). Mas, antes de fugir, ela decide procurar o garotinho.

Gilda encontra Marcelino escondido e abre o coração. Ela afirma que o menino foi a única pessoa que a tratou bem, com verdadeiro amor e compaixão.

Marcelino (Levi Asaf) e Gilda (Mariana Ximenes) em Amor Perfeito
Marcelino (Levi Asaf) e Gilda (Mariana Ximenes) em Amor Perfeito

“Você foi a única pessoa nesse mundo que me olhou com compaixão. Eu precisava te ver pela última vez pra levar comigo esse teu olhar. Será que você pode me perdoar por tudo que eu fiz de errado e me dar um abraço de despedida, Marcelino?”, dispara, deixando o menino sem palavras.

Com o coração puro, Marcelino salva a alma de Gilda. Antes que possa abraçá-la, a polícia se aproxima. Gaspar pede para a megera se entregar, mas ela tem outro plano.

Após revelar todo o seu carinho pelo filho de Marê (Camila Queiroz), Gilda entra no carro e foge dos agentes. Mas, ao se ver encurralada, ela toma uma decisão.

No final de Amor Perfeito, Gilda e Gaspar morrem. Ela bate o carro propositalmente e não resiste ao acidente. Ao saber da tragédia, Marcelino chora de emoção ao lembrar das palavras da ruiva maléfica.