Mudança importante

Autor de Pantanal faz alteração e filho de Tenório não será devorado por sucuri

Roberto vai morrer de outra forma na novela das nove

Publicado em 08/06/2022

Uma das cenas mais chocantes da Pantanal de 1990 não será aproveitada no remake. O autor Bruno Luperi fez uma alteração importante e mudou o destino de Roberto (Cauê Campos).

Veja também:

    O filho caçula de Tenório (Murilo Benício) e Zuleica (Aline Borges) não será mais devorado por uma sucuri. Sendo assim, ele terá um final diferente do Roberto antigo, vivido pelo ator Eduardo Cardoso.

    Segundo informações do jornal O Globo, o rapaz será assassinado. Com isso, a cobra será poupada, tudo para trazer uma mensagem positiva sobre o meio ambiente.

    A ideia é deixar claro para o público que a sucuri é um bicho manso, que não come pessoas e deve ser preservado. Sendo assim, o autor inventou outro desfecho.

    Como Roberto morre?

    Roberto morre indiretamente por culpa do próprio pai. O personagem de Cauê Campos chega ao Pantanal com toda a família e decide sair para explorar o local.

    Quem o acompanha é Solano (Rafael Sieg), um pistoleiro contratado por Tenório para acabar com José Lucas (Irandhir Santos), o primogênito de José Leôncio (Marcos Palmeira).

    Em meio ao passeio de barco, eles avistam a sucuri e se assustam. Roberto acaba caindo no rio e se afogando. Após um tempo, seu corpo aparece boiando.

    Roberto (Cauê Campos) em Pantanal
    Roberto Cauê Campos em Pantanal

    Solano resgata o rapaz, mas acredita que ele está morto. O jagunço joga o corpo de Roberto no rio, sem checar se ele ainda está respirando.

    O empregado volta à fazenda e anuncia a tragédia. Ele inventa que o jovem foi devorado pela sucuri. Entretanto, tudo muda quando o corpo de Roberto é encontrado. A perícia conclui que ele se afogou e sua morte não tem nada a ver com a cobra.

    © 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
    Site parceiro UOL
    Publicidade