Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Vendas esgotadas

Sucesso de audiência, novela Pantanal na TV Manchete descartava 33 comerciais por dia

Publicitários lembram: era impossível encaixar todos os anunciantes durante os intervalos da trama na sua primeira exibição em 1990

Publicado em 30/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A exibição da novela Pantanal na TV Manchete em 1990 foi um sucesso tão retumbante que era impossível atender a todos os anunciantes que queriam colocar seu comercial nos intervalos.

O departamento comercial da emissora chegou a descartar um mil segundos de anúncios pagos diariamente – o que equivale a 33 comerciais de 30 segundos cada um.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Publicitários que atuavam na emissora e no mercado na época relembram com nostalgia dos tempos em que se conseguia superar a audiência da TV Globo no mesmo horário.

A novela Pantanal original competia na faixa da então linha de shows da emissora da família Marinho, entrando no ar após as 21h30 ou quando terminasse a novela global das oito.

No entanto, a partir de sua estreia e do sucesso imediato, Pantanal virou objeto de desejo do mercado anunciante e todos queriam entrar nos comerciais da novela.

No mercado publicitário é assim: dá audiência num dia, no outro já tem mais gente querendo anunciar”.

Quem conta é o empresário Osvaldo Marraccini, publicitário com 40 anos de experiência na área.

Ele era gerente comercial da TV Manchete em São Paulo quando foi exibida a novela Pantanal.

Diariamente, descartávamos mais de um mil segundos em comerciais pagos”, relembra o empresário, que hoje vive nos Estados Unidos e não atua mais com mídia.

Como resultado, ele conta, eram mais de 30 filmes comercias por dia que não conseguiam ser acomodados na grade.

A novela original teve 216 capítulos, indo ao ar de março a dezembro de 1990.

Cristiana Oliveira e Marcos Winter na novela Pantanal, da Manchete

Em televisão aberta, não é possível estender a duração dos intervalos comerciais, pois há um limite de tempo de publicidade em relação ao tempo de programação.

Só que o interesse dos anunciantes era bem maior que o tempo disponível.

Como resultado, a TV Manchete tinha de devolver anúncios já pagos ou oferecer comerciais em horários alternativos durante outras atrações.

Marraccini destaca também que o quadro de executivos da emissora formava um grupo de grande sintonia de trabalho.

A direção de programação da TV Manchete era ocupada por Nilton Travesso e o diretor comercial em SP era Ricardo Fremder (1953-2012).

Ainda, o diretor da novela Jayme Monjardim foi o responsável pela aproximação e contratação do autor Benedito Ruy Barbosa pela TV Manchete.

Para o ex-executivo da TV Manchete, a estratégia se se esperar a atração da Globo terminar foi um sucesso, aliada à grande qualidade da produção.

As audiências foram crescendo assustadoramente.

Naquele tempo, tanto quanto hoje em dia, atingir a marca de dois dígitos no Ibope diariamente era um feito inédito fora da TV Globo.

Guta (Luciene Adami) na novela Pantanal, em 1990 (Reprodução/TV Manchete/YouTube)

Mídia

Hélcio Vieira, atualmente escritor e publicitário de longa carreira com atuação em grupos de mídia, também tem sua porção de histórias sobre Pantanal e todo o entorno no mercado.

À época da novela, ele era publisher da Revista Imprensa, acompanhando o segmento de perto.

Ele rememora: “Havia uma verdadeira guerra para entrar nos breakes comerciais da Manchete. Eram disputados a tapa. Eles vendiam tudo”, diz.

Vieira recorda-se da logística que movimentava a nova sede da emissora em São Paulo, um prédio moderno na região do Bairro do Limão:

Tinha aquela correria da chegada das fitas com os filmes comercias para os intervalos da novela; era uma loucura”.

O publicitário pontua que a situação do mercado televisivo em 1990 era completamente diferente da atual.

Não havia concorrência dos meios (não existia a internet e ainda não havia a TV por assinatura em escala): “O mercado de televisão tinha cinco grandes emissoras e só”.

Hélcio Vieira fez carreira no mercado comunicação, tendo atuado em agências de Publicidade e no Grupo Bandeirantes, entre outros.

Vale lembrar que nos idos de 1990 a TV Manchete investiu muito para o sucesso da novela Pantanal junto à imprensa e ao mercado.

A emissora levou grupos de jornalistas e também de anunciantes e publicitários para os locais das gravações na região do Pantanal/MS.

Trata-se de algo que ainda não vimos até aqui se repetir neste remake da TV Globo.

A nova versão da novela Pantanal n TV Globo tem assinatura de Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....