saudoso

Sabia? Protagonista da primeira versão de Mulheres de Areia está também no remake

Carlos Zara faleceu em 2002 e foi casado com a atriz Eva Wilma

Publicado em 06/08/2023

A primeira versão de Mulheres de Areia, escrita por Ivani Ribeiro, foi ao ar em 1973 na TV Tupi, contando com um elenco de peso.

Agora na Globo o remake, de 1993, é o que está sendo exibido na faixa especial de novelas. Glória Pires e Guilherme Fontes dão vida ao casal principal Ruth e Marcos. Lembrando que a atriz também interpreta Raquel, a gêmea má da mocinha e que movimenta a história.

Já na versão de 50 anos atrás, os protagonistas foram vividos por Eva Wilma e Carlos Zara, dois ícones da teledramaturgia e que inclusive, infelizmente, já nos deixaram.

Carlos Zara, vale lembrar, também está no elenco do remake de Mulheres de Areia interpretando Zé Pedro.

Carlos Zara e Eva Wilma na primeira versão de Mulheres de Areia
Carlos Zara e Eva Wilma na primeira versão de Mulheres de Areia

Ruth e Marcos de Mulheres de Areia (1973) casados na vida real

O que muita gente não sabe é que Carlos Zara e Eva Wilma, Marcos e Ruth na primeira versão de Mulheres de Areia, se conheceram melhor gravando a novela. O casamento mesmo só se concretizou seis anos após o término desta novela.

Aliás, Carlos Zara e Eva Wilma eram tidos como um dos casais símbolo da época, tanto pelo talento quanto pela beleza. E eles demonstraram tanta química em Mulheres de Areia que foram escalados novamente para protagonizar outras duas novelas antes de se casarem oficialmente: O Barba-Azul e O Julgamento, ambas da TV Tupi.

O casamento dos artistas ocorreu em 1979 e foi longevo: durou até 2002, ano em que infelizmente Zara veio a falecer em decorrência de um câncer no esôfago, deixando Eva Wilma viúva.

Eva Wilma e John Herbert; ao lado a atriz e Carlos Zara
Eva Wilma e John Herbert; ao lado a atriz e Carlos Zara

A atriz seguiu trabalhando normalmente, aparecendo em papéis de novelas e séries da Globo, como Começar de Novo, JK, Desejo Proibido, Araguaia, Fina Estampa, a primeira edição de Verdades Secretas e O Tempo Não Para, sua última novela da carreira, exibida em 2018.

Eva Wilma já enfrentava alguns problemas de saúde quando, em 2021, foi diagnosticada com câncer no ovário, já em metástase. A grande artista morreu em maio deste mesmo ano, aos 87 anos.

Reynaldo Gianecchini e Eva Wilma em Esperança e em Verdades Secretas (Divulgação - Globo)
Reynaldo Gianecchini e Eva Wilma em Esperança e em Verdades Secretas (Divulgação – Globo)

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade