Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
HISTÓRICA

Minissérie da TV Cultura com Antonio Fagundes será exibida em diversos países

Produção narrará os 200 anos da independência do Brasil

Publicado em 21/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A 200 dias da celebração dos 200 anos da independência do Brasil, a TV Cultura lança internacionalmente a série sobre o bicentenário, que será protagonizada pelo ator Antonio Fagundes, conforme adiantado aqui no Observatório da TV.

Na última sexta-feira (18), o presidente da Fundação Padre Anchieta, José Roberto Maluf, esteve na Expo 2020 Dubai apresentando a superprodução, dirigida por Luiz Fernando Carvalho, em que entretenimento e educação se unem para recontar a história do Brasil.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Com esta nova minissérie, a TV Cultura torna-se a única emissora brasileira a fazer uma produção pelo bicentenário da independência do Brasil, que será exibida em diversos países como China, Argentina, Colômbia, México, Rússia, Portugal e em emissoras públicas de outras nações”, diz o presidente da FPA.

Por ora, a minissérie tem o título provisório de O Sono do Homem Branco. O projeto fará parte do calendário das festividades oficiais do bicentenário da Independência do Brasil e terá o comando do historiador José Antônio Severo.

Maria Fernanda Cândido está no projeto da TV Cultura (Reprodução: Instagram)

Elenco confirmado

A produção conta com nomes de projeção nacional e internacional além de Antonio Fagundes, que será Dom João VI, o protagonista da trama.

Estão confirmados até o momento o ator Daniel de Oliveira, a atriz Maria Fernando Cândido, além de Gabriel Leone, todos ex-globais.

A TV Cultura já teria escalado também Ilana Kaplan para interpretar Carlota Joaquina e também a atriz inglesa Louisa Sexton para viver a princesa Leopoldina.

Luiz Fernando Carvalho, amigo de longa data de Antonio Fagundes, inclusive, é o diretor da trama. O profissional também deixou a Globo recentemente, e tem no currículo produções como Meu Pedacinho de Chão, Velho Chico, Capitu e A Pedra do Reino.

No Brasil, a série de teledramaturgia será lançada em Brasília, capital do país, São Paulo, onde a independência foi proclamada e Rio de Janeiro, que foi sede do Império, além das cidades de Manaus, Recife, Goiânia e Curitiba, representando suas respectivas regiões.

Detalhes

A minissérie será dividida em 16 capítulos, que devem ser suficientes para narrar desde o nascimento de Dom Pedro I até sua morte, perpassando pelos momentos cruciais de seu reinado.

O colunista do UOL, Fefito, indicou que os ensaios já aconteceram na capital paulista e as gravações ainda devem se iniciar em três estados: Rio de Janeiro, Salvador e Lisboa.

Leia outros textos AQUI.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....