Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
AMIGA DE MEL

Desaparece ou morre? Conheça o misterioso final de Regininha em O Clone

No último capítulo, a dependente química é escorraçada ao pedir ajuda para a mãe

Publicado em 14/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Regininha (Viviane Victorette), amiga de Mel (Débora Falabella) e de Nando (Thiago Fragoso), completa o trio que vive um drama com as drogas em O Clone.

No decorrer da história escrita por Gloria Perez, a moça se mostra cada vez mais entregue aos entorpecentes e até incentiva Mel a se afundar mais, apesar de muitas vezes pensar em largar essa vida.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

No final de O Clone, a garota está certa que precisa mudar de vida, mas para isso precisa de ajuda. Esse também será o sentimento de Mel, que acabará de ter um filho de Xande (Marcello Novaes) e pedirá para ser internada.

Rejeitada pela mãe ao buscar ajuda

No último capítulo de O Clone, Regininha procura a mãe, pedindo abrigo em sua casa novamente e se mostrando disposta a se tratar. Porém, a amiga de Mel não é bem recebida.

“Mãe, me deixa voltar, por favor”, suplica a dependente de drogas ao abordar a mãe quando esta sai de casa para trabalhar.

Regininha (Viviane Victorette) no final de O Clone

Aos prantos, Regininha é rejeitada totalmente e expulsa como se fosse um animal. “Dinheiro eu não tenho… e em casa também não vai entrar, não”, rebate a mãe.

Regininha continua insistindo e corre atrás da pessoa que a pôs no mundo. “Deixa eu ficar… Deixa!!!”, pede. Séria e combativa, a mãe de Regininha mostra que não vai baixar a guarda para a filha.

“Voltar pra quê? Pra você vender o que eu consegui juntar de novo com o maior sacrifício? Pra vender tudo o que tem dentro de casa pra comprar droga?”, indaga a mãe, machucada pelo sofrimento que as drogas causam também nos familiares dos usuários.

Mel (Débora Falabella) e Regininha (Viviane Victorette) em O Clone

Assume que quer se tratar

Como resposta à rejeição da mãe, Regininha assume que precisa de tratamento médico. “Eu sou doente, mãe. Isso aqui é uma doença. Eu só quero ajuda…”, declara a moça, implorando cuidados.

Contudo, a mãe de Regininha não se põe no lugar de responsável pela filha e deixa claro que quer vê-la bem longe. “Tu é uma sem vergonha, uma safada. Isso é que tu é! Toma teu rumo e para de me perseguir!”, exclama, escorraçando a filha.

Mãe de Regininha (Viviane Victorette) no final de O Clone

Depois dessa cena lamentável, Regininha não é mais vista na novela e nem pelos personagens que a conhecem, Mel, Nando, Thelminha (Thais Fersoza) e Cecéu (Sérgio Marone).

Vira nome de clínica

Vale lembrar que, no capítulo final, Mel completa um ano livre das drogas, mas ainda segue em tratamento, assim como Nando.

Os dois amigos, aliás, aparecem juntos inaugurando um espaço para ajudar dependentes químicos. Quem vai liderar a clínica é o psiquiatra de Lobato (Osmar Prado).

Para homenagear a amiga desaparecida, eles batizam o local de ‘Clínica Regininha’. Não se sabe se a personagem morreu.

Nando (Thiago Fragoso) e Mel (Débora Falabella) no final em O Clone (Reprodução Globo)

Não deixe de conferir também: Maysa se arrepende do mal que fez a Mel e Xande em O Clone? Final surpreende

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....