Filmes e séries

NOVA TEMPORADA

JÁ DISPONÍVEL

Cobrança em público

Produtor musical cobra dívida de Dodô, do Pixote, espalhando cartazes pela cidade de SP: “Me paga Dodô caloteiro”

Gilson Lima trabalhou com o pagodeiro desde a década de 90

Publicado em 19/01/2023

Que situação! Dodô, do Pixote é um artista renomado e com uma carreira digna de muito orgulho. Porém, o produtor musical Gilson Lima, resolveu cobrar o cantor por uma dívida, e escolheu uma forma inusitada e explícita. O produtor espalhou centenas de cartazes pela cidade de São Paulo com a frase: “Me paga, Dodô caloteiro”.

Segundo o colunista Leo Dias, várias pessoas se depararam com os cartazes em pontos muito conhecidos na cidade, Av. Paulista e Av. Brigadeiro Luís Antônio. As informações são superficiais, mas se sabe que a ligação entre Gilson e Dodô vem de bastante tempo. Há um extenso processo relacionado aos dois na Justiça, iniciado em 2003 e marcado por reviravoltas.

Segundo se sabe, Gilson trabalhou com o pagodeiro por muitos anos, desde a década de 90. Diante de algumas divergências, o produtor optou por colocar fim à parceria. Um dos principais motivos é que Dodô contraia muitas dívidas e queria ostentar uma coisa que não era. Gilson combinou de ficar com a bilheteria de dois shows do grupo e encerraria a parceria, no entanto, o valor não foi pago. Durante esses 20 anos muita coisa aconteceu e hoje o valor da indenização está em torno de R$ 200 mil, mais R$ 90 mil por cada show, chegando próximo dos R$ 400 mil. Gilson declarou que por R$ 300 mil ele encerra o assunto.

Em nota enviada à imprensa, o Grupo Pixote nega o calote. Fique por dentro de tudo que está acontecendo no mundo dos famosos e dos realities, acessando meu canal no YouTube:  https://www.youtube.com/channel/UCjZmgeVcJ7O0ZUgCixqgGQA

© 2023 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade