Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Crítica

BBB 22 obriga participantes a entrar no jogo pra valer com nova dinâmica

A direção do programa caprichou na tentativa driblar o marasmo

Publicado em 31/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A noite deste domingo (30) foi emblemática para o BBB 22. A nova dinâmica proposta pela direção do reality show da Globo se mostrou uma jogada certeira para agitar todo o ambiente da casa, praticamente obrigando todos os participantes a se comprometerem e entrarem no game. Se vai funcionar, só o tempo vai dizer. Mas que foi uma bela manobra, foi!

Na dinâmica da semana, além do líder, o parceiro vencedor da prova do líder e o imunizado pelo anjo também deviam indicar alguém ao paredão. Isso obrigou Pedro Scooby e Eliezer, até então “surfando” no jogo sem se comprometer, a se posicionarem diante da casa inteira.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Isso foi particularmente interessante no caso de Scooby, que entregou a liderança conquistada para Thiago Abravanel justamente para se livrar da obrigação de ter que indicar alguém para o paredão. Pois não escapou e precisou dizer, em alto e bom som, um companheiro de casa para ir à votação popular.

Além disso, a dinâmica também promoveu votos abertos a partir de um determinado momento. Assim, Scooby precisou votar diante da casa, mais uma vez se comprometendo. Os demais jogadores Paulo André, Jade Picon, Eslovênia, Eliezer, Bárbara, Linn da Quebrada, Natália e Arthur Aguiar também foram obrigados a votar fora do confessionário, expondo diante de todos suas estratégias.

Como se não bastasse tudo isso, Tadeu Schmidt ainda fez questão de revelar a todos que Arthur Aguiar havia levado quatro votos, tendo escapado do paredão por apenas um voto. Como ninguém na sala votou em Arthur, é fácil para o ator concluir quem, dentro do confessionário, votou nele.

Ou seja, esta dinâmica cheia de novidades serviu para obrigar, de uma vez por todas, os participantes a se colocarem mais comprometidos com o jogo. O BBB 22 vinha penando com jogadores pouco interessados no jogo e tentando, a qualquer custo, se preservar. Mas a noite de domingo servirá como um divisor de águas. É esperar pra ver se funcionou, mas foi uma tentativa muito válida.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Leia outros textos do colunista AQUI

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....