Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
mudou tudo

Alicinha casada com Miro e trabalhando com Leônidas? Conheça tramas de O Clone que não foram ao ar

Vários personagens da novela de Gloria Perez tiveram destino alterado

Publicado em 19/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Em cartaz no Vale a Pena Ver de Novo, O Clone fez um estrondoso sucesso na faixa das 21 horas da Globo quando foi ao ar originalmente, entre 2001 e 2002. No entanto, várias das ideias originais de Gloria Perez para a novela não foram ao ar. Muitas tramas criadas foram modificadas ao longo do folhetim.

No final de setembro de 2001, a revista Minha Novela apresentou aos leitores os personagens da segunda fase da novela, que só entrariam no ar depois de um mês de trama. Mas a apresentação revelou que vários personagens da segunda fase teriam destinos diferentes do que foi ao ar.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A maior mudança de rumo foi a da vilã Alicinha (Cristiana Oliveira). Inicialmente, ela foi apresentada como uma poderosa executiva da empresa de Leônidas (Reginaldo Faria) que seria capaz de tudo para subir na vida. Ela também é apresentada como a esposa de Miro (Raul Gazolla), com quem teria um relacionamento conturbado, em razão dos perfis bastante distintos deles.

Ou seja, a ideia de fazer de Alicinha uma carreirista não mudou. No entanto, ela não foi introduzida na empresa de Leônidas, e sim no núcleo de Albieri (Juca de Oliveira) e Edna (Nívea Maria), trabalhando inicialmente na clínica de fertilização. Ela até tem um relacionamento com Miro no decorrer da trama, mas isso acontece muito depois e não chega a ser um casamento.

Carol e Nando

Nando (Thiago Fragoso) em O Clone

Outra apresentação de personagem que não se concretizou na trama que foi ao ar foi a de Carol (Thalma de Freitas) e Nando (Thiago Fragoso). A advogada da empresa de Leônidas foi inicialmente apresentada como namorada do rapaz, que, por sua vez, se viciaria em drogas no decorrer da história.

A função de Nando foi mantida em O Clone, mas ele e Carol jamais tiveram um relacionamento amoroso. Carol já surgiu na trama como namorada de Lobato (Osmar Prado), e ficou com ele a novela toda.

Não se sabe exatamente os motivos que levaram a estas modificações. Provavelmente, isso aconteceu em razão da extensão da duração da primeira fase de O Clone. Como ela foi maior do que o previsto, a autora pode ter constatado no ar o que funcionaria ou não e promoveu algumas mudanças na trama neste meio-tempo.

Ranya

Nívea Stelmann interpreta Ranya em O Clone

Inicialmente, Ranya (Nívea Stelmann) entraria em O Clone para ser a segunda esposa de Mohamed (Antonio Calloni), e não de Said (Dalton Vigh). Ela viveria às turras com Latifa (Letícia Sabatella), que não se conformaria com o casamento do marido.

No entanto, isso não aconteceu. Isso porque foi constatado que o público aprovou o casal Mohamed e Latifa, e não aceitaria que o muçulmano se casasse novamente. Com isso, Gloria Perez mudou de ideia e inseriu Ranya na vida de Said, tornando-a uma pedra no sapato na vida de Jade (Giovanna Antonelli). Essa história foi resgatada pelo colunista Fábio Costa.

Confira outros conteúdos da coluna e do colunista ou entre em contato

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....