Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Bomba

Exclusivo: Globo não vai revelar a identidade do pai de Tadeu no final de Pantanal: “Fantasma!”

Novela de Bruno Luperi ficará no ar até o dia 14 de outubro

Publicado em 27/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Pantanal tem feito um grande sucesso na programação do plim-plim. E para não perder o costume, a coluna revela tudo o que vai acontecer nos próximos capítulos da novela de Bruno Luperi.

Em cenas que estão previstas para irem ao ar no fim de agosto em Pantanal, Filó (Dira Paes) confessará para Maria Bruca (Isabel Teixeira) que teve uma infância sofridaNão só tive, como fui mulhé da vida por muito tempo. Com doze ano eu já num tinha mais cabaço… Fosse por mim eu também brincava de boneca com essa idade.  Eu fui pega à força… E cabei caîno na vida por causa disso… Como tantas outras minina por aí afora”, dirá a boa moça deixando Maria surpresa.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Tadeu (José Loreto) em Pantanal

E a sua família?”, questionará Bruaca sendo respondida por Filó que estará mexida. Foro eles que me botâro pra fora de casa… Dizia que num podia aceitá uma vergonha daquelas… A senhora veja só. O mardito (abusador) vorto pra família dele. Eu fui pro mundo… Num tinha nem o corpo todo formado”, finalizará a futura esposa de José Leôncio (Marcos Palmeira) com lágrimas nos olhos.

Identidade do pai de Tadeu em Pantanal 

A coluna apurou que a Globo gravou no início do mês passado, a cena em que Filó (Dira Paes) revela para José Leôncio que Tadeu não é seu filho biológico. Lembrando que a identidade do pai do peão não foi mencionada na versão original do folhetim de Benedito Ruy Barbosa. E Bruno Luperi manterá esse mistério nesse remake que chega ao fim no próximo dia 15 de outubro. 

Tadeu (José Loreto) e Filó (Dira Paes) em Pantanal

Pantanal é escrita por Bruno Luperi, baseada na novela original escrita por Benedito Ruy Barbosa. A direção artística é de Rogério Gomes, direção de Walter Carvalho, Davi Alves, Beta Richard e Noa Bressane. A produção é de Luciana Monteiro e Andrea Kelly, e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Leia outras matérias desse colunista CLICANDO AQUI.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....