Adriana desiste de Patrick e vai namorar Nicolau em O Outro Lado do Paraíso

Adriana (Julia Dalavia) e Patrick (Thiago Fragoso) de O Outro Lado do Paraiso
Publicidade

Depois do transplante de rim, Adriana (Júlia Dalavia) vai descobrir que Patrick (Thiago Fragoso) só tem olhos para Clara (Bianca Bin) e vai desistir do advogado em O Outro Lado do Paraíso. A jovem vai aceitar o conselho dos pais e dar uma chance para Nicolau (Alejandro Claveaux), que já provou ser apaixonado por ela.

Walcyr Carrasco se despede do ator Emílio de Mello, o Henrique de O Outro Lado do Paraíso

Antes de deixar Palmas, Henrique (Emílio de Mello) vai aconselhar a filha a desistir de seu amor por Patrick e investir no romance com o policial. Mas quem vai realmente fazer a filha mudar de ideia é Beth (Glória Pires).

Continua depois da publicidade

Tudo acontecerá depois que Adriana perdoar a mãe e a levar para morar com ela. “Eu no seu lugar desistia do Patrick”, sugere a mulher. “Ele e a Clara não estão juntos. É minha chance”, acredita a jovem. “Dri, a Clara namorava o Patrick. Mas você estava muito doente. A Jô (Bárbara Paz) foi em casa e pediu para ela abrir mão dele”, revelará Beth. “A Jô fez isso?”, dirá a jovem, incrédula. “Fez. E eu aconselhei a Clara a se separar do Patrick. Por você”, confessará.

O Outro Lado do Paraíso: “Quer casar comigo?” questiona Mercedes para Josafá

Adriana dirá que não entende. “Você estava tão frágil. Tivemos medo que seu estado emocional afetasse mais ainda sua saúde. A Clara abriu mão do Patrick para você ter esperanças”, contará. “Vi que eles não estavam juntos. E criei falsas é”, lamenta. “A Clara veio aqui e contou para você que eu doei o rim. Agora devolvo o favor a ela. Conto a verdade sobre o Patrick. É nítido que ele ama a Clara”, afirmará.

Adriana cai em si. “Ele não sente nada por mim. Só amizade”, lamentará. “Clara disse a ele que ama o Gael (Sérgio Guize). Para se afastar”, contará. “Não quero um homem que seja empurrado no meu caminho. Vou falar com Clara para dizer a verdade ao Patrick. Se eles se amam, devem ficar juntos!”, diz.

Diante da revelação, Adriana chamará Nicolau para uma conversa. “Recebi teu recado. Vim assim que tive uma folguinha. Tomara que não seja nenhum problema”, deseja. “É muito simples. Resolvi dar uma chance para você”, declara. “Chance do quê?”, quer saber.

Adriana então vai ficar irritada com o policial. “Nicolau, vai me fazer explicar palavra por palavra?’, ironiza. “É que não entendi….Agora que começou termina”, diz o policial. “Você está me rondando. Já aprendeu a jogar xadrez com meu pai…Joga péssimo”, opina. “Não precisa desclassificar”, reclama. “Mas me ofereceu um rim. Na época, eu estava me enganando. Acreditava que o Patrick podia ter alguma coisa comigo. Não correspondi, não soube entender o tamanho do seu sentimento”, lamenta. “Eu sei. Mas não sou um grande partido. E depois, parei de correr atrás, sabe Pensei: ‘Nicolau, aquela advogada não é pra você’. No Rio de Janeiro deve ter uma fila de caras querendo te namorar”, acredita. “Nenhum me doaria um rim. A minha própria madrasta se negou. Ela era compatível comigo. Eu descobri que foi por esse motivo que ela foi embora”, conta. “Na hora da dificuldade a gente conhece as pessoas”, lamenta. “Então. Foi na hora da dificuldade que você mostrou que realmente gosta de mim. A chance é sua”, diz.

Nicolau vai agradecer. “Nicolau, só vai agradecer?”, questiona a advogada. “Eu não sei o que fazer”, diz. “Me beija”, incentiva. “Eu sou tímido”, diz, sem jeito. “Um homem desse tamanho, tímido? Me beija de uma vez. Vamos nos conhecer melhor. Vamos iniciar uma história”, determina. “Cê não tá apaixonada”, adverte. “Não estou. Mas já comecei a gostar de você. A olhar para você de outra maneira. Sou eu que peço uma chance. Me beija”, exige a advogada, que vai ter seu pedido atendido pelo policial.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade