Prestes a se despedir, Cordel Encantado já supera com folga audiência das antecessoras no Vale a Pena Ver de Novo

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Globo acertou em cheio quando escolheu Cordel Encantado para levantar os índices do Vale a Pena Ver de Novo em suas tardes. A duas semanas de sair do ar, a saga de Açucena (Bianca Bin) e Jesuíno (Cauã Reymond) já ostenta média parcial de 15,7 pontos.

A continuar assim, tudo indica que será dela o melhor resultado da faixa de reprises desde quando Senhora do Destino encerrou sua terceira exibição, no começo de 2018, com excelentes 18 pontos de média geral.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Esperava-se que sua substituta na ocasião, Celebridade, fosse capaz de manter ao menos parte desse êxito. Só que não. A história de Maria Clara Diniz (Malu Mader) amargou o mais completo insucesso. Despediu-se com pífios 13,8. Belíssima, por sua vez, tampouco saiu-se melhor, naufragando em 13,7 pontos finais.

Cordel Encantado também superou suas duas últimas antecessoras nos picos de audiência. A reprise de Celebridade, por exemplo, nunca passou dos 18 pontos. Já Belíssima se deu um pouco melhor, chegando a 19. Cordel, porém, atingiu seu recorde de 21 pontos no último dia 8 (segunda-feira). Recorde esse que tem tudo para ser batido até o capítulo final da história, previsto para 3 de maio.

E Por Amor, que substitui Cordel Encantando no Vale a Pena Ver de Novo também deve seguir o ritmo do sucesso. A estreia na segunda-feira (29) bateu recorde e fez o público delirar na web.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio