Êta Mundo Bom! mantém Vale a Pena Ver de Novo em alta no ibope

Novela de Walcyr Carrasco gira em torno dos 20 pontos desde a estreia

Publicado há 5 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Houve quem desconfiasse de que Êta Mundo Bom!, no ar desde o último dia 27, mantivesse o Vale a Pena Ver de Novo numa situação boa, já que ela substitui Avenida Brasil, querida de muitos noveleiros. Mas a escolha da TV Globo parece ter sido mesmo acertada.

Em seus primeiros 10 capítulos, a reprise da novela de Walcyr Carrasco já exibiu acontecimentos de cerca de 20 dos capítulos originais de 2016. O ibope do Vale a Pena Ver de Novo esteve todos os dias em torno dos 20 pontos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Êta Mundo Bom! conquistou o melhor ibope nos primeiros capítulos de uma reprise da faixa desde 2004, quando a primeira semana de Corpo Dourado (1998) registrou 22 pontos de audiência. A informação é da coluna de Daniel Castro.

Maior sucesso de audiência da faixa das 18h nos anos 2010, a história de Candinho (Sérgio Guizé) está agradando novamente, embora seja relativamente recente diante dos últimos cartazes da sessão de reprises.

Por Amor, por exemplo, tinha quase 22 anos de sua estreia quando voltou em 2019. Cordel Encantado tinha pouco menos de oito. Reprisada em 2018, Belíssima voltou pouco menos de 13 anos após a estreia original.

Apesar do isolamento social motivado pela pandemia de Coronavírus, Êta Mundo Bom! tem de sobra elementos que dão certo à tarde. Por isso mesmo, talvez não seja exagero afirmar que os números seriam bastante semelhantes, ou até os mesmos, se sua reprise tivesse vindo em outubro passado, como se chegou a divulgar.

Com um protagonista ingênuo em busca da mãe biológica, essa mãe às voltas com os sobrinhos ambiciosos que querem se apossar de sua fortuna e um núcleo caipira de forte presença, que contribui para o humor, Êta Mundo Bom! provavelmente seguirá com sua trajetória de sucesso na reprise.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais