A Fazenda 10: Evandro Santo revela que fugia de gays “Não queria ser”

Evandro Santo
Publicidade

Evandro Santo voltou a falar sobre sua infância em A Fazenda 10. Neste sábado (01), o ex-pânico contou que fugia de gays que encontrava nas ruas onde morava, em uma cidade de Minas Gerais.

Leia também: A Fazenda 10: Rafael Ilha critica Felipe Sertanejo “O mais político”

“Quando eu tinha 10, 11 anos, quando eu via gay, bicha na rua, eu atravessava a rua com medo. Falava: ‘Não quero ser isso não’. Eu via na rua e atravessava”, revelou o mineiro.

Continua depois da publicidade

Veja mais: A Fazenda 10: “João nem lembra mais que ela existe”, diz Rafael sobre o relacionamento de Zoli com Gabi Prado

Evandro também destacou que quando era criança, ouvia das pessoas que era ‘diferente’. “Sempre ouvi isso: ‘Esse menino tem um jeitinho estranho’. Jeitinho estranho, ouvi isso a vida inteira”, desabafou ele, que recentemente contou que ‘rezava para não ser gay’.

Cátia Paganote fica inconformada após expulsão “Eu não fiz nada!”

Cátia Paganote ficou inconformada ao descobrir que estava expulsa de A Fazenda 10, na noite desta quinta-feira (29). A ex-paquita se defendeu afirmando que não agrediu Evandro Santo. Ela também destacou que estava frustrada após perder prova do fazendeiro para Caique Aguiar.

“Eu não fiz nada com o Evandro. Eu estava frustrada porque eu estava com a prova na mão e perdi. Eu não fiz isso pra agredir alguém, apenas me livrei e joguei ele assim pra sair do assunto. Não achei que tivesse acontecido uma coisa, porque eu só o empurrei”, disse Cátia.

Marcos Mion, apresentador do reality, deu o aviso na edição: “Nenhum peão pode agredir o outro nem ameaçar a integridade física dos competidores. Chega uma hora nesse jogo que a força não pode ser apenas física. Ela tem que ser mental. Infelizmente, por ter violado essa regra do jogo, a Cátia causou a própria expulsão”.

A briga entre Cátia e Evandro aconteceu durante a atividade especial na piscina, na tarde desta quarta-feira (28). Ela deu um tapa na cabeça dele. “Pára, Evandro! P****, que saco. Ele segura a minha mão”, reclamou. Ao flagrar a cena, Felipe Sertanejo saiu em defesa do humorista. “Quantas vezes a gente joga e bate a mão? Segura sem querer?”.

+ ACOMPANHE TUDO SOBRE A FAZENDA – MAIS CONECTADA

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade