Roda de Fogo volta ao ar no Viva ainda em 2018

Tarcísio Meira, Eva Wilma e Felipe Camargo em Roda de Fogo (Divulgação/TV Globo)
Publicidade

Por Fábio Costa

A mudança radical na vida de um homem poderoso que descobre que vai morrer em breve. Esse era o mote principal de Roda de Fogo, novela de Lauro César Muniz que a Rede Globo exibiu em seu horário nobre entre agosto de 1986 e março de 1987 com direção de Dênis Carvalho e Ricardo Waddington e que voltará ao ar no Canal Viva em julho, substituindo Explode Coração, às 23h30 (com horário alternativo às 13h30). A virada na vida de Renato Villar (Tarcísio Meira) era alinhavada junto a um retrato dos crimes de colarinho branco, negociatas envolvendo poderosos empresários, políticos e banqueiros.

Infeliz em seu casamento de fachada com a aristocrata Carolina (Renata Sorrah), Renato acaba se envolvendo com Lúcia Brandão (Bruna Lombardi), juíza designada para cuidar de um sério caso que envolve o grupo empresarial dele e pode comprometer todos os envolvidos nas negociatas escusas – o advogado Mário Liberato (Cecil Thiré); o banqueiro Werner Benson (Carlos Kroeber); o político Paulo Costa (Hugo Carvana); o general Hélio D’Ávila (Percy Aires), tio de Carolina.

Continua depois da publicidade

Renato sente estranhas e fortes dores de cabeça, que à medida que se tornam mais frequentes levam-no a procurar um médico, o Dr. Moisés (Nelson Dantas). É aí que descobre ter um tumor maligno localizado numa região do cérebro que não permite intervenções cirúrgicas. Ante a perspectiva da morte, Renato resolve mudar completamente sua vida. Abandona Carolina para viver seu romance com Lúcia, decide aproximar-se da filha Helena (Mayara Magri) e de Pedro (Felipe Camargo), um filho bastardo, e procura corrigir todos os erros existentes em seu grupo empresarial. Daí por diante, uma série de conflitos são desencadeados, pela incompreensão de todos diante do “novo Renato”, que esconde sua condição.

No elenco ainda as presenças de Osmar Prado como o divertido e mulherengo Tabaco, motorista de Renato, Isabela Garcia, Mário Lago, Yara Cortes, Joana Fomm, Paulo Castelli, Rodolfo Bottino, Lúcia Veríssimo, Cláudio Curi, Ivan Cândido, Jayme Periard, Cláudia Alencar, Inês Galvão, Carla Daniel, Carlos Vergueiro, Paulo José e Martha Overbeck, entre outros. Vale a pena rever ou conhecer esta que é uma das melhores e mais festejadas novelas da emissora, do autor e da história da nossa teledramaturgia.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade