ACORDO PROLÍFICO

Mais adaptações de Harlan Coben na Netflix

Após o sucesso de A Grande Ilusão, a Netflix prepara-se para produzir as minisséries Que Falta Você Me Faz e Custe O Que Custar

Publicado em 23/01/2024

Séries como O Inocente, Não Fale Com Estranhos, Fique Comigo e o recente sucesso A Grande Ilusão fazem parte do acordo da Netflix com Harlan Coben, respeitadíssimo autor do gênero de suspense policial. Agora, mais duas atrações adaptadas dos romances do escritor estão por vir.

De acordo com o Deadline, os livros Que Falta Você Me Faz (Missing You) e Custe O Que Custar (Run Away), do romancista, serão adaptados como minissérie no serviço de streaming após o bom desempenho de A Grande Ilusão. Inclusive, o primeiro romance mencionado neste parágrafo já entrará em produção a partir de março deste ano.

O escritor Harlan Coben ReproduçãoInternet

Danny Brocklehurst, roteirista de Não Fale Com Estranhos e A Grande Ilusão, será responsável pelo roteiro de Custe O Que Custar, enquanto Victoria Asare-Archer, que trabalhou em dois episódios de Fique Comigo, escreverá Que Falta Você Me Faz para as telinhas. Os dois dramas serão a nona e a décima adaptações dos livros de Harlan Coben para a Netflix.

Que Falta Você Me Faz acompanha a detetive Kat Donovan que, após dezoito anos, encontra seu ex-noivo Jeff em um aplicativo de relacionamentos. Agora que o homem está viúvo, ela se enche de esperanças de um novo recomeço, mas acaba desenterrando mistérios envolvendo ele, o assassinato de seu pai e uma investigação que definirá sua carreira.

Obras que serão adaptadas em breve ReproduçãoInternet

Custe O Que Custar se concentra em uma trama muito mais familiar e nos apresenta a Simon Greene, um homem cuja filha mais velha se tornou viciada em drogas e acabou desaparecendo com o namorado abusivo, sem deixar vestígios. O pai até chega a encontrá-la, mas a jovem está totalmente fora de si, assustada e claramente em perigo, fazendo com que ele ultrapasse os próprios limites para salvá-la.

As informações são do site Adoro Cinema.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade