PRODUÇÃO ESPANHOLA

Distopia e sobrevivência em Zona de Separação, um achado escondido na Netflix

Um enredo pós-apocalíptico que explora a luta de uma família em um futuro sombrio, sob um regime ditatorial e marcado pela desigualdade social

Publicado em 15/05/2024

A Espanha, de uns tempos para cá vem mostrando que sabe realmente fazer uma produção que engaja o público brasileiro. Dessa vez, a série que vem chamando a atenção de todos é a criação de Daniel Écija, conhecida como Zona de Separação.

Zona de Separação traz um enredo pós-apocalíptico de respeito, que faz valer a pena acompanharmos de perto seus episódios que não são muitos.  E se você achou que se trata de uma nova série, está muito enganado. Essa produção já está há quase quatro anos na Netflix, porém é pouco conhecida.

Neste título viciante, seremos levados para o sombrio futuro da humanidade, situado no cenário distópico de 2045, onde a Espanha se encontra sob um regime ditatorial, mergulhada em crises decorrentes da escassez de recursos naturais. 

Na metrópole de Madri, um muro gigantesco separa duas classes sociais, criando um abismo de desigualdade que divide a sociedade em Zona de Separação. Em meio a esse cenário desolador, uma família luta diariamente pela sobrevivência, enfrentando a falta de recursos e as injustiças do sistema opressivo. 

Com poucas opções e cada vez menos esperança, eles se veem obrigados a tomar decisões extremas para garantir sua própria subsistência. Enquanto a sociedade se desintegra ao redor deles, essa família luta para manter sua humanidade e dignidade intactas em um mundo onde a desigualdade tomou conta.

*A série em 13 episódios, Zona de Separação, é uma sugestão do portal Masterdica.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade