Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
MAIS SIMPLES

Após esculachar trama, ator de Westworld muda de ideia: ‘Fácil de entender’

Sempre sincero, Ed Harris opinou sobre a estrutura da atual quarta temporada

Publicado em 27/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O ator Ed Harris, intérprete de William em Westworld, exemplifica a visão que o telespectador médio tem da série. No passado, especificamente durante a segunda temporada, ele esculachou a trama por ser muito difícil de acompanhar; gravava as cenas sem saber direito o que estava acontecendo. A opinião do veterano mudou, pois a narrativa ficou realmente mais digerível.

Em entrevista dada à The Hollywood Reporter sobre a nova leva de episódios, que estreou no último domingo (26) na HBO, Ed Harris esbanjou franqueza. “Eu acho que a quarta temporada está mais fácil de entender, afirmou. “Está fácil de entender quais são os lados [da guerra entre robôs e humanos], quem está tentando fazer o quê.”

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“A trama está mais nítida do que a terceira temporada”, continuou. “O que, para mim, foi muito confusa [de fazer], porque haviam várias dimensões e não dava para saber quem era quem. Desta vez, não está tão complicado assim.”

Essa visão é oposta à manifestada há quatro anos. Ed Harris era praticamente um robô nas gravações de Westworld, apenas fazendo o que era ordenado e pronto, batia o cartão e ia para casa. Na época, ao falar sobre isso com o site HuffPost, o ator confessou que precisava de um manual para compreender as motivações do personagem, de onde veio e para onde estava indo. 

O intérprete de William, também com bastante sinceridade, disse: “Eu não faço ideia do que está acontecendo [na série]. Há muitas coisas que eu não entendo.”

Menos complexa

De fato, Westworld nunca foi uma série fácil. A coisa era pior nas primeiras temporadas, com diversas linhas do tempo e o enigma de saber se tal personagem era um robô ou humano. A situação da série melhorou.

Ambientada sete anos após o fim da terceira temporada, a quarta leva de Westworld irá explorar de forma linear o embate da inteligência artificial versus os humanos, se distanciando daquele clima do Velho Oeste e ficando cada vez mais futurista. 

Basicamente, o cerne da quarta temporada é questionar se os humanos merecem perdão ou punição. As motivações dos personagens estão mais claras, resultando em uma narrativa equilibrada e firme. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....