Verdade nua e crua

Vencer o Desamor: Açucena conta a Ariadna que foi estuprada por Eliseu

Vítima faz revelações também sobre Joaquim e Calixto

Publicado em 24/01/2023

Ariadna (Claudia Álvarez) enfim conhecerá com detalhes todo o horror vivido por Açucena (Joss Waleska) nas mãos de Lino (Marco Treviño) e Calixto (Tizoc Arroyo). Nos próximos capítulos da novela Vencer o Desamor, a jovem abrirá o coração diante da mãe de Tadeu (Iker García) a respeito de tudo o que passou.

A conversa entre as duas se dá por meio de uma chamada de vídeo. O impacto surge logo de cara, quando Ariadna se dá conta de que Açucena possui uma imensa marca de queimadura em seu rosto. A moça, então, revela à jornalista que o autor dessa agressão foi também o responsável por estuprá-la.

Ela explica que, meses atrás, foi sequestrada por Calixto e mantida amarrada por ele, em cativeiro, durante dois dias. Em certo momento, Açucena conseguiu fugir e foi pedir ajuda em uma delegacia de polícia, onde prestou queixa contra Calixto por cárcere privado.

O vilão chegou a ser preso; no entanto, conseguiu sair em liberdade depois de pouquíssimo tempo. Não demorou muito e Eliseu (Marco Treviño) – falsa identidade usada por Lino – apareceu na vida de Açucena, querendo aproximar-se dela. Logo, porém, a moça descobriu que o vilão era primo de Calixto.

Resolveu, então, confrontá-lo. Foi somente aí que Eliseu mostrou sua verdadeira face: partiu para cima de Açucena, estuprou-a e, não contente, ainda a desfigurou. A jovem ainda acrescenta que Joaquim (José Elías Moreno) negou-se a ser seu advogado no processo contra Calixto e Lino.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade