Verdadeiro inferno

Travessia: Brisa se acaba de vez ao saber por Laís que perdeu todos os direitos que ainda tinha sobre Tonho

Acusada de ser uma sequestradora de crianças, a maranhense ainda tem que amargar um terceiro resultado negativo de sua maternidade

Publicado em 07/04/2023

Bem diz o nefasto e pessimista ditado: tudo sempre pode piorar! E é exatamente isso que acontece com a vida de Brisa (Lucy Alves) a cada capítulo de Travessia, trama de Gloria Perez exibida no horário nobre da Globo.

Há tempos a maranhense luta pelo direto que criar seu filho, depois que Ari (Chay Suede) entrou com um pedido de guarda do menino. A batalha judicial entre eles tornou-se infinita, mas Brisa sempre acaba saindo perdendo.

Sem muita saída, ela precisa se conformar em ver o filho em dias específicos, de acordo com a determinação do juiz, e nunca mais pode morar com Tonho (Vicente Alvite), o que lhe causa profunda tristeza e custou até, indiretamente, seu romance com Oto (Rômulo Estrela).

Após mais uma das inúmeras brigas com Ari, num ato impensado, Brisa gritou para o ex-noivo que Tonho não era filho dele, mas de Oto. O arquiteto, irado, resolveu fazer um exame de DNA para comprovar a paternidade do garoto. E aí é que a maranhense entrou pelo cano de vez.

Brisa Lucy Alves em Travessia

Ansiosa por encontrar algum parente de sangue, Brisa também fez o exame de DNA com Ari e Tonho. E quando o resultado saiu veio a bomba: Ari é pai do menino, mas ela não é mãe de Tonho!

Inconformada, Brisa pediu ao juiz autorização para um novo teste, que voltou a dar negativo para sua maternidade. A cabeleireira começa a se complicar e acaba sendo acusada, novamente, de ser uma sequestradora de crianças. Mas a pá de cal definitiva recai sobre a coitada, quando um terceiro teste de DNA comprova que Tonho não é seu filho.

Sem ter mais o que fazer e desesperada, já que jura que deu à luz ao menino, Brisa recebe uma das piores notícias de sua vida. Laís (Indira Nascimento) conta para a cliente que diante da situação e de três exames de DNA, agora, definitivamente, ela perdeu qualquer direito sobre Tonho, não é mais considerada mãe do menino e nada mais pode ser feito.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade