Orgulhosa

Terra e Paixão: Aline é avisada que pode perder suas terras e discute com Caio quando ele lhe oferece dinheiro

A professora recebe uma cobrança da parcela do empréstimo que fez, mas recusa ajuda do filho de Antônio

Publicado em 15/06/2023

Quando Samuel (Ítalo Martins) foi executado de forma covarde logo no primeiro capítulo de Terra e Paixão, trama das 21h da Globo, Aline (Bárbara Reis) se desesperou, mas jurou que cuidaria das terras deixadas pelo marido e faria aquele pedaço de chão se tornar produtivo.

Desde então a viúva comprou uma guerra com Antônio (Tony Ramos), que já fez várias propostas para a moça vender a propriedade, mas ela não quer saber de acordo com o todo poderoso da região.

Cauã Reymond vive Caio em Terra e Paixão
Cauã Reymond vive Caio em Terra e Paixão

Sem condições de iniciar a plantação, Aline pediu um empréstimo no banco e Antônio, ardiloso, orientou Franco (Gil Coelho) a conceder o empréstimo à viúva e pedir as terras como garantia. E assim foi feito.

Só que alguns meses já se passaram e Aline ainda não conseguiu uma renda com as plantações e começa a se apavorar. Sem dó, e mais uma vez à mando de Antônio, Franco faz questão de lembrar a professora que ela perderá suas terras, caso não pague a parcela do empréstimo que já está atrasada.

Flávio Bauraqui em Terra e Paixão
Gentil (Flávio Bauraqui) em Terra e Paixão

Aline rebate o gerente do banco, diz que sabe muito bem de suas obrigações e dará um jeito de conseguir o dinheiro a tempo. Caio (Cauã Reymond) logo fica sabendo de mais esse problemão na vida da moça e corre para oferecer ajuda. O filho mais velho de Antônio oferece uma quantia para que ela pague a parcela.

Orgulhosa, Aline discute com o rapaz, agradece a iniciativa de Caio, mas diz que não pode aceitar sua oferta, deixando o moço bastante chateado. Sem ver muita saída, a viúva de Samuel engole um pouco do orgulho, conversa com Jonatas (Paulo Lessa) e aceita um empréstimo de Gentil (Flávio Bauraqui), prometendo ao tio que devolverá tudo com juros assim que puder.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade