Desejo sombrio

Mar do Sertão: Pajeú propõe suicídio coletivo a Deodora: “Eu e a senhora”

Mãe de Tertulinho se apavora com ideia do pai de Cirino

Publicado em 18/01/2023

O amor de Pajeú (Caio Blat) por Deodora (Débora Bloch) é mais intenso do que se pensa. Tanto é verdade que, nos próximos capítulos da novela global Mar do Sertão, o pai de Cirino (Theo Mattos) surpreenderá a mãe megera de Tertulinho (Renato Góes) como uma proposta tão mórbida quanto inesperada.

Desde que Pajeú prometeu realizar seu desejo de dar cabo de Zé Paulino (Sérgio Guizé), Deodora anda rindo à toa. Esse sorriso, porém, vai se transformar em preocupação durante uma visita da vilã ao casebre do amante. Com semblante sombrio, Pajeú avisa à fazendeira que tem algo bonito para mostrar para ela.

Deodora o acompanha para olhar o que ele quer e se espanta ao encontrar uma cova aberta. “Não tô lhe entendendo. Me explica esse negócio direito! Tu já fez o serviço? Já pegou Zé Paulino? Se tu não vai botar ele aqui, vai deixar o infeliz onde? Caído na mata?“, indaga a esposa do coronel Tertúlio (José de Abreu).

É aí que Pajeú responde com a última coisa que Deodora esperava ouvir. “Essa cova não é para Zé Paulino, não. É para nós dois. Eu mais a senhora!“, explica o ex-funcionário de Vespertino (Thardelly Lima), deixando clara sua proposta: que os dois morram juntos e sejam enterrados lado a lado naquele lugar.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade