Game over

Denunciada por Leda, Paulina recebe voz de prisão

Carlos Daniel e Piedade defendem a irmã de Paola

Publicado em 13/09/2022

Está cada vez mais difícil para Paulina (Gabriela Spanic) sustentar a farsa de que é Paola Bracho (Gabriela Spanic). Tanto é verdade que, nos próximos capítulos de A Usurpadora, a amiga de Célia (Andrea García) será denunciada por Leda (Dominika Paleta) e receberá voz de prisão do delegado Merino (Jaime Garza).

Após apanhar da impostora durante uma discussão, a ex-amante de Luciano (Mario Cimarro) decide passar por cima dos desígnios da própria avó, Piedade (Libertad Lamarque), e acusar Paulina formalmente por usurpação de identidade. Merino, então, vai até a mansão com seus homens para prender a moça.

Quem o recebe é Piedade, que fica surpresa ao saber que a denúncia foi assinada por Leda Duran. Mesmo assim, ela segue encobrindo Paulina e afirma que a mulher que vive na mansão, como a esposa de seu neto Carlos Daniel (Fernando Colunga), é sim a verdadeira Paola Bracho.

Merino, é claro, não engole a desculpa da matriarca e segue decidido a levar Paulina para a cadeia. Ele fica de butuca no hospital em que Carlinhos (Sergio Guerrero) está internado e, assim que a irmã de Paola põe os pés no local, lhe dá voz de prisão pelo crime de usurpação de identidade.

Paulina, obviamente, fica assustada e pensa que dessa vez não conseguirá escapar do cárcere. Só que Carlos Daniel aparece para defendê-la e impede Merino de levá-la presa, pois o mandado de detenção é dirigido a Paulina Martins e, com os documentos da irmã, ela consegue ‘provar’ que é Paola Bracho.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de A Usurpadora.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade