Pingos nos is

Amor Perfeito: Na prisão, Gilda tem acerto de contas com Leonel

Albuquerque também perde o cargo e é substituído

Publicado em 19/09/2023

Depois que as reviravoltas do julgamento de Marê (Camila Queiroz) colocaram Gilda (Mariana Ximenes) atrás das grades e inocentaram sua ex-enteada, agora é a vez da vilã ter um acerto de contas com Leonel Rubião (Paulo Gorgulho) nos próximos capítulos de Amor Perfeito.

Dado como morto por anos, a volta do magnata das águas sepultou definitivamente qualquer chance de Gilda de tentar reverter o jogo perante a justiça. As cenas desse embate vão ao ar nesta terça-feira (19) na novela escrita por Duca Rachid e Júlio Fischer.

Passados alguns dias depois da prisão da vilã, o delegado Albuquerque (Beto Militani), um importante aliado de Gilda, acaba sendo afastado do cargo, consequência do seu envolvimento na farsa jurídica que levou Marê à prisão, e que também veio à tona durante o julgamento.

Em seu lugar, assume interinamente o delegado Lira (Gustavo Mello), que anuncia a Gilda sua transferência para um presídio. Momentos antes de ser escoltada, a vilã recebe a visita de seu ex-marido, Leonel. A sós, o empresário diz que está ali como prova de que Gilda não conseguiu acabar com ele e sua filha, e que ela está onde merece.

Amor Perfeito é criada e escrita por Duca Rachid e Júlio Fischer com direção artística de André Câmara. A obra é escrita com Elísio Lopes Jr, com a colaboração de Dora Castellar, Duba Elia e Mariani Ferreira.

A direção é de Oscar Francisco, Alexandre Macedo, Lúcio Tavares, Joana Antonaccio e Larissa Fernandes. A produção é de Isabel Ribeiro e Mônica Fernandes e a direção de gênero de José Luiz Villamarim.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade