Fúria santa

Abismo de Paixão: Lúcio acusa Ramiro de ter matado Branca: “Maldito assassino!”

Padrinho de Elisa sofre terrivelmente com a morte da esposa

Publicado em 20/12/2023

Momentos de muita dor – e ira – esperam por Lúcio (Eric del Castillo) nos próximos capítulos de Abismo de Paixão. Desesperado com a morte trágica da esposa, Branca (Dacia González), o idoso entrará em parafuso ao concluir que ela pode ter sido assassinada por Ramiro (Salvador Zerboni).

Tudo começa quando, a mando do ex-braço direito de Rogério (César Évora), Horácio (Armando Araiza) provoca uma explosão na loja de Branca, que morre carbonizada diante de Elisa (Angelique Boyer). Ao chegar ao local, Lúcio entra em pânico ao ver o cadáver da comerciante entrando na ambulância.

Não é a minha mulher, não é mesmo? Me diga que não é a minha mulher, por favor!“, suplica o compadre de Augusto (Alejandro Camacho). “Eu sinto muito, seu Lúcio“, responde o enfermeiro, confirmando que, para desconcerto do velho, que a amada de toda uma vida dele está mesmo morta.

O velório de Branca acontece na capela da cidade, em clima de muita tristeza. Ainda abalado pela viuvez inesperada, Lúcio se surpreende ao entreouvir uma conversa entre Damião (David Zepeda) e Bráulio (Francisco Gattorno).

Peritos estão com a suspeita de que o incêndio pode ter sido provocado“, diz o ex-noivo de Dolores (Eugenia Cauduro) ao filho de Almerinda (Blanca Guerra). É o que basta para o padrinho de Elisa concluir que somente Ramiro pode ter matado sua companheira por vingança.

Cego de fúria, Lúcio não pensa duas vezes e parte para cima do vilão, acusando-o pelo crime diante de todos. “Assassino! Maldito assassino! Você vai pagar!“, esbraveja o velho, enquanto Damião, Gael (Mark Tacher) e o padre Lupe (René Casados) tentam segurá-lo.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade