Versão clássica do Sítio do Picapau Amarelo chega ao Viva em março

Baseado na obra de Monteiro Lobato, seriado tem estreia marcada para o dia 1º

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No sábado (13), o Canal Viva começou a exibir nos intervalos de sua programação uma chamada de uma reprise esperada desde 2010, quando foram iniciadas suas operações: a do seriado infantojuvenil Sítio do Picapau Amarelo, de grande sucesso na TV Globo entre 1977 e 1986.

Baseado na obra do escritor Monteiro Lobato, Sítio do Picapau Amarelo teve direção-geral de Geraldo Casé e foi fruto de um convênio entre a TV Globo, a TV Educativa do Rio de Janeiro (hoje TV Brasil) e o então Ministério da Educação e Cultura. Há tempos o seriado consta entre os campeões de pedidos do público do Viva.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na propriedade que dá nome ao programa, a simpática Dona Benta (Zilka Salaberry), a cozinheira Tia Nastácia (Jacyra Sampaio) e os netos de Dona Benta, Narizinho (Rosana Garcia) e Pedrinho (Júlio César), junto do sabugo de milho convertido em Visconde de Sabugosa (André Valli) e da boneca de pano Emília (Reny de Oliveira), vivem grandes aventuras.

Seres lendários como bruxas, piratas, sereias, fadas e até figuras mitológicas surgem pelo caminho das duas crianças e seus fiéis escudeiros. Sem falar na temida Cuca (Dorinha Duval) e no arteiro Saci-Pererê (Romeu Evaristo).

Logotipo do seriado infantojuvenil Sítio do Picapau Amarelo em 1978 (Reprodução/TV Globo)

Na chamada que está no ar, são mostradas imagens com a atriz Reny de Oliveira, que interpretou Emília entre 1978 e 1983. Isso leva a crer que o primeiro ano do seriado, com Dirce Migliaccio vivendo a personagem, eventualmente não seja exibido pelo Viva.

O horário anunciado para exibição é o das 10 da manhã, a partir de 1º de março. Questionamos o canal a respeito de possíveis exibições em horários alternativos. A exemplo do que ocorre hoje com Malhação, primeiro deve haver uma reprise do episódio anterior e na sequência um inédito.

Outro horário alternativo é às 5h15. Aos domingos, das 7h45 às 10h15, uma maratona com os cinco episódios exibidos ao longo da semana. O Viva vai exibir histórias como O Minotauro, Memórias da Emília e Reinações de Narizinho. Além disso, também está prevista a reprise de Cupido Maluco, A Raiz Milagrosa e O Outro Lado da Lua.

Anteriormente, as TVs Tupi, Cultura e Bandeirantes produziram adaptações do Sítio do Picapau Amarelo. A primeira, ainda nos tempos da TV ao vivo, marcou época, com adaptação de Tatiana Belinky e direção de Júlio Gouveia. Lúcia Lambertini era Emília, David José o garoto Pedrinho e Edy Cerri, Narizinho. Na TV Globo, outra versão foi ao ar entre 2001 e 2007.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio