Novelas antigas: saiba quais devem estar no catálogo do GloboPlay em breve

A cada duas semanas, um novo título deve ser disponibilizado para os assinantes

Publicado há 6 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Da chegada da TV no Brasil até a era do streaming, as novelas se mantêm como gênero consagrado na cultura brasileira. A partir do dia 25 de maio, o GloboPlay vai resgatar a cada duas semanas, sempre às segundas-feiras, um clássico da Globo que marcou época e que volta para ficar, para ser visto e revisto a qualquer momento e em qualquer lugar.

Os títulos vão desde novelas que jamais foram reprisadas até grandes sucessos exibidos no Vale a Pena Ver de Novo e no Viva. O investimento já contabiliza cerca de 50 títulos em processo de resgate, sendo 21 liberados para publicação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois de A Favorita, já estão definidas as cinco estreias seguintes: Tieta (1989/90), Explode Coração (1995/96), Estrela-guia (2001), Vale Tudo (1988) e Laços de Família (2000/01).

Camila (Carolina Dieckmann), Edu (Reynaldo Gianecchini) e Helena (Vera Fischer) em Laços de Família (Divulgação)

Também estão em processo de resgate, ainda sem data definida para publicação, cerca de 40 outros títulos. Da faixa das 18h, constam A Gata Comeu (1985), Sinhá-Moça (1986), Fera Radical (1988), Barriga de Aluguel (1990/91), Felicidade (1991/92), Tropicaliente (1994), História de Amor (1995/96), Força de Um Desejo (1999/2000), Chocolate com Pimenta (2003/04) e Cabocla (2004).

Diná (Christiane Torloni) e Otávio (Antonio Fagundes) em A Viagem (Divulgação/TV Globo)

Entre as novelas originalmente exibidas às 19h, devem surgir no catálogo da plataforma de streaming Guerra dos Sexos (1983), Vereda Tropical (1984/85), Brega e Chique (1987), Sassaricando (1987/88), Bebê a Bordo (1988/89), Que Rei Sou Eu? (1989), Top Model (1989/90), Vamp (1991/92), A Viagem (1994) e Quatro por Quatro (1994/95).

Helena (Lilian Lemmertz) e Plínio (Fernando Torres) em Baila Comigo (Divulgação/Memória Globo)

Já entre as novelas das 20h, o GloboPlay deve oferecer Dancin’ Days (1978), Pai Herói (1979), Baila Comigo (1981), Roque Santeiro (1985), Selva de Pedra (1986), Rainha da Sucata (1990), Meu Bem, Meu Mal (1990), O Dono do Mundo (1991), Pedra Sobre Pedra (1992), Renascer (1993), Fera Ferida (1993), A Próxima Vítima (1995), O Fim do Mundo (1996), A Indomada (1997), Torre de Babel (1998/99), Terra Nostra (1999/2000), Porto dos Milagres (2001), O Clone (2001/02) e Mulheres Apaixonadas (2003).

Jeremias Berdinazzi (Raul Cortez) e Rafaela (Glória Pires) em O Rei do Gado (Divulgação)

Esses títulos se somam a outros 91 já disponíveis no GloboPlay, como O Rei do Gado (1996/97), Por Amor (1997/98), O Cravo e a Rosa (2000/01), Senhora do Destino (2004/05), Caminho das Índias (2009) e Avenida Brasil (2012), mesmo que em suas versões de reprises vespertinas.

E a partir do dia 25, outra novidade para os fãs de novela: todos os primeiros capítulos de todas as novelas estarão abertos para não assinantes.

“As novelas são parte da memória afetiva do brasileiro. A liberação do primeiro capítulo de todas as obras do nosso acervo vai permitir aos nossos usuários, inclusive os não assinantes, se conectarem com a própria história. Quem nunca se lembrou de uma passagem da infância ou da juventude ao ouvir a trilha sonora ou ao rever uma cena de uma novela clássica?”, pontua Ana Carolina Lima, head de Conteúdo do GloboPlay.

Para promover a volta desses clássicos, a campanha veiculada na TV e nas mídias sociais será embalada pela trilha sonora de “O Portão”, do Roberto Carlos, numa rara liberação de uma canção do Rei para campanhas publicitárias.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio