Pedro Bial chora ao vivo durante entrevista com Fábio Jr.

Pai de Fiuk revelou ter composto canção para o próprio pai

Publicado há um mês
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emoção não faltou na edição de hoje (sexta-feira, 18) do programa Conversa com Bial. O apresentador Pedro Bial recebeu o ator e cantor Fábio Jr. para uma longa entrevista a respeito da carreira na televisão do pai de Cleo Pires e de Fiuk, que protagonizou várias novelas.

Um dos momentos de maior emoção se deu quando anfitrião e convidado assistiram juntos a um VT com trechos do penúltimo episódio – intitulado Toma Que o Filho é Teu – da série Ciranda, Cirandinha (1978), onde Fábio interpretava o sonhador Hélio.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na sequência em questão, o personagem toca a canção Pai, uma das mais famosas do repertório de seu intérprete, para os colegas de apartamento, Rei (Jorge Fernando), Suzana (Denise Bandeira) e Tati (Lucélia Santos). Foi a primeira vez que a música chegou ao grande público.

O VT acabou emocionando tanto Fábio quanto Bial, que foram às lagrimas. “Eu perdi meu pai cedo também. Em 78, quando foi ao ar essa cena, eu tinha perdido ele há cinco anos. E essa cena acabou comigo, com todo mundo“, recordou o apresentador, sobre quando assistiu ao trecho pela primeira vez.

É uma cena inesquecível. Quem se emocionou muito foi uma certa senhora chamada Janete Clair, que viu essa cena e se emocionou tanto que escreveu uma novela chamada Pai Herói (1979)“, acrescentou Bial, revelando a inspiração da esposa de Dias Gomes para criar o folhetim reprisado em 2017 pelo Viva.

Fábio Jr. revelou ter composto a antológica canção em homenagem ao próprio pai, Antonio Luis Galvão.

É uma declaração de amor pra ele. Quando ele se separou da minha mãe, ficou um clima meio assim… Como se eu tivesse tomado partido dele e meus irmãos, da minha mãe. Eu tinha que encontrar meu pai escondido, minha mãe não podia saber. A gente tinha uma ligação muito forte“, recordou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio