novo formato

O Grande Debate volta ao ar na CNN Brasil nesta quinta-feira

Atração terá como apresentadora e mediadora a jornalista Luciana Barreto.

Publicado em 11/04/2023

A CNN Brasil anunciou, nesta terça-feira (11), que o programa O Grande Debate está de volta em sua programação. Com um novo formato, a atração tem estreia marcara para o próximo dia 13 de abril, às 12h30, e terá como apresentadora e mediadora a jornalista Luciana Barreto.

O Grande Debate contará com a presença de seis debatedores, com perfis ideológicos distintos. Pelo lado conservador, estarão presentes a advogada Samantha Meyer, o ex-deputado federal do Partido Novo, Vinicius Poit, além de Caio Coppolla, que já havia participado do programa e agora retorna à casa.

Já pelo lado progressista, os debatedores serão o ex-ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a advogada Gabriela Araujo e o ex-procurador de Justiça Roberto Tardelli, conhecido por sua atuação no caso Suzane Richthofen.

Ao longo da semana, os debatedores farão um rodízio, de forma a garantir a presença de quatro deles por programa, entre os que estarão presentes no estúdio e aqueles que participarão da atração por meio do telão.

“É fundamental que as pessoas tenham o direito de colocar a sua opinião, sempre aceitando o contraditório, obviamente. Agora é importante ressaltar que sejam respeitadas a ética, a verdade e a lei, é claro! De minha parte, é desafiador e interessante mediar vozes que se opõem entre si, mas que não são binárias. Esse é o propósito do novo Grande Debate. Vamos sentar à mesa, defender, debater e saber ouvir, sempre com muito respeito“, avalia Luciana Barreto.

A atração, que na sua origem era um quadro e agora retorna como programa, ganhou repercussão ao dar espaço ao embate direto entre duas personalidades de destaque em suas áreas com opiniões diametralmente opostas sob mediação de um nome da casa. O projeto revelou nomes da TV como  Gabriela Prioli, Caio Coppolla e o advogado Augusto de Arruda Botelho, hoje secretário Nacional do Ministério da Justiça, no governo Lula. 

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade