Miguel Falabella critica governo Bolsonaro: “É uma calamidade”

Publicado há 8 meses
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador Amaury Jr. receberá convidados especiais no programa Amaury Jr. dessa sexta-feira (6): a atriz Irene Ravache que está em cartaz com o monólogo Alma Despejada, no Teatro Folha, e o ator, diretor e produtor Miguel Falabella, que está na direção da superprodução do musical ‘Dona Summer’, em cartaz no Teatro Santander.

Com a atual posse da atriz Regina Duarte na Secretária Nacional de Cultura, o apresentador quis saber se os entrevistados estavam felizes com a escolha feita pelo presidente Jair Bolsonaro. Miguel explicou que admira a colega de trabalho. “Regina é uma pessoa querida. Eu não julgo os atos da Regina. É uma escolha dela, não posso me intrometer na decisão de uma colega. Não tenho nem intimidade, nunca trabalhei com ela“.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Falabella revela que jamais aceitaria qualquer convite e mostra seu desconforto com o atual governo. “Eu não aceitaria qualquer convite porque eu simplesmente não assino embaixo desse governo. Não seria capaz de sentar numa mesa com a Damaris – vendo Jesus na goiabeira – o que é aquilo? O que é aquele ministro da Educação que não sabe falar, escrever… Eu não poderia me sentar numa mesa com essas pessoas“, afirma Falabella.

Eu torço pra tudo dar certo porque eu vivo aqui, moro aqui, mas acho que não dará certo porque é uma calamidade o que estamos vivendo“, finaliza o ator. Ravache diz concordar com as opiniões do colega. “Acho muito difícil dialogar em um governo de extrema. É difícil! Eles próprios fecham esse diálogo“, complementa.

A entrevista completa irá ao ar nessa sexta-feira (06), no programa Amaury Jr., a partir da meia noite e meia, na RedeTV!.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais