Malvino Salvador fala sobre beijo gay com Caio Castro em A Dona do Pedaço: “O que vier, a gente faz”

Publicado há um ano
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Dona do Pedaço mal estreou e o personagem de Malvino Salvador já está prometendo muitas polêmicas para o folhetim. Na trama criada – e escrita – por Walcyr Carrasco, o ator vive Agno, empresário que deve encerrar o casamento de 20 anos com a esposa, Lyria (Deborah Evelyn), para assumir uma relação homossexual com o lutador de boxe Rocky (Caio Castro).

Em entrevista ao programa TV Fama, da RedeTV!, Malvino falou sobre o desafio de interpretar Agno. “A situação dele é a seguinte: ela está casado há 20 anos e não tem mais nenhuma atração pela mulher. Sustenta a família [dela], não quer mais isso. Ele é um cara que vai tentar sair dessa situação. E aí muitas confusões vão aparecer nesse meio do caminho”, descreveu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Tem alguma coisa em relação à sexualidade dele. [Mas] não está muito definido se ele é gay, se ele é bi… Não sei o que ele é. O Walcyr não fechou essa questão ainda. Disse para a gente não se ater a isso”, explicou ainda o galã maduro mais cobiçado da Globo.

Questionado sobre a possibilidade de protagonizar uma cena de beijo gay com Caio Castro, Malvino minimizou a importância do tema. “O que importa é você fazer um personagem que se comunique com o público da maneira mais bonita possível, mais verdadeira possível. O que vier a gente faz, é normal. É a dramaturgia. É o nosso trabalho”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais