ESPECIAL

Globo prepara homenagem aos 30 anos da morte de Ayrton Senna

Nos 30 anos da despedida do tricampeão mundial, TV Globo, GloboNews e sportv reforçam o legado do ídolo brasileiro

Publicado em 27/04/2024

No dia 1 de maio de 1994, o mundo se despedia de Ayrton Senna, um dos pilotos mais importantes da história do automobilismo. Uma perda que consternou brasileiros e apaixonados por automobilismo em todo o mundo, em um domingo de manhã, na curva Tamburello, em Ímola, na Itália, no GP de San Marino. Em homenagem ao tricampeão mundial, a Globo prepara uma série de reportagens especiais que serão exibidas nos próximos dias. 

Na TV Globo, as homenagens começam no domingo pela manhã, com uma reportagem especial do Esporte Espetacular, que ouve Castilho de Andrade, jornalista e diretor de imprensa do GP do Brasil de F1; e Marcus Santos, empresário e colecionador, que acompanharam de perto a carreira de Ayrton Senna. O repórter Marcelo Courrege também vai a uma escola de São Paulo, que leva o nome do piloto, para conversar com crianças que não tiveram a oportunidade de vibrar com os feitos de Senna nas pistas e apresentar quem foi o ídolo. À noite, no Fantástico, o repórter Renato Peters visita a fazenda de Tatuí, no interior de São Paulo, que pertence à família Senna, um dos refúgios preferidos do tricampeão.

Para mostrar a relação de Senna com a cidade de São Paulo, o Bom Dia SP exibe, a partir desta segunda-feira, dia 29, uma série de três episódios com histórias e memórias do piloto em sua cidade natal, com direito a entrevistas de vizinhos que acompanharam a trajetória do menino apaixonado por kart; as principais lembranças que ele deixou por onde passou e as artes e homenagens feitas após o acidente fatal. Conduzida por Paola Patriarca, a série é uma parceria com o G1 São Paulo.

No primeiro episódio, a repórter vai a Santo André conhecer um pequeno conjunto habitacional onde 18 ruas têm nomes inspirados no tricampeão. No segundo episódio, Viviane Senna, irmã do piloto e presidente do Instituto Ayrton Senna, e vizinhos que tiveram o privilégio de conhecer Senna ainda menino andando pelas ruas do Jardim Santana e Jardim São Paulo, lembram de quando ele morava na Zona Norte de São Paulo. O último episódio mostra como o orgulho que o país sente do ídolo se materializou em diversos cantos e bairros da cidade, com esculturas, pinturas e murais espalhados pelas ruas. Na quarta-feira, o ‘Globo Esporte’ apresenta os detalhes de uma exposição imersiva e interativa sobre o tricampeão mundial que estreia no Rio de Janeiro e mostra o legado do piloto.

GloboNews e o sportv também preparam reportagens especiais em homenagem a Senna. No dia 1º, a partir de 10h, o Redação sportv faz uma retrospectiva da trajetória de sucesso do piloto com base em capas emblemáticas de jornais e revistas da época. Na GloboNews, o Especial de Domingo do dia 28 mostra quem era o piloto, filho, irmão e amigo que fez o Brasil torcer e se apaixonar. De nome Senna, Ayrton, o especial traz imagens de momentos importantes da vida e carreira de Ayrton Senna, além de entrevistas exclusivas com amigos de infância; a irmã, Viviane Senna; Betise Head, ex-assessora de imprensa; e Ernesto Rodrigues, biógrafo, autor do livro Ayrton, o Herói Revelado. A homenagem vai ao ar a partir das 20h30. O legado do piloto também é tema de reportagens especiais nos jornais Conexão e Mais de quarta-feira, dia 1º. O Jornal das Dez conta a trajetória do ídolo a partir do Brasil da época, em um período de transição democrática e de crise econômica. O narrador Luís Roberto destaca alguns bastidores da cobertura daquele período e suas memórias de Senna dentro e fora das pistas. O Edição da Meia Noite mostra a alegria que Senna trazia para os brasileiros aos domingos; e o legado de superação e persistência que deixou para os amantes do automobilismo.

A história do tricampeão já foi vista de diversas maneiras, mas nunca da forma como o Globoplay. apresenta, a partir do dia 1 de maio. Senna por Ayrton, nova série documental Original Globoplay, produzida pelo Núcleo de Documentários do Esporte da Globo, conta essa trajetória através do olhar do protagonista, em primeira pessoa. A produção está dividida em três episódios – todos disponíveis aos assinantes no dia 1, data que marca os 30 anos da morte do brasileiro – e foi feita a partir de uma pesquisa de cerca de 150 horas de gravações nos arquivos da Globo e também de outros veículos de comunicação brasileiros e estrangeiros. A direção é de Rafael Pirrho e Rafael Timóteo, que também assinam o roteiro ao lado de Camila Côrtes e José Emílio Aguiar.  

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade