Globo escala Irene Ravache e Nicette Bruno para o remake de Éramos Seis

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com estreia prevista para o primeiro semestre de 2020 na TV Globo, o remake de Éramos Seis, escrito por Angela Chaves e que irá ao ar na faixa das 18h, já possui alguns nomes fortes confirmados no elenco.

Leia: Glória Pires pode atuar com a filha Cleo no remake de Éramos Seis

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nicette Bruno, que viveu a protagonista na versão de 1977 da trama, feita pela extinta TV Tupi, e Irene Ravache, que foi a mocinha na versão de 1994, exibida pelo SBT, irão atuar no folhetim, informou Patrícia Kogut.

Saiba mais: Globo adquire os direitos de Éramos Seis e SBT não pode reexibir a trama

A produção da história resolveu homenagear as estrelas que fizeram parte das outras versões do folhetim. Contudo, Gloria Pires será responsável por viver dessa vez o papel principal. A saber, a autora já trabalha no terceiro bloco de capítulos da história.

Irene Ravache será mãe de pintor acusado de matar Cris na vida passada em Espelho da Vida

A saber, no ar como a Margot de Espelho da Vida, trama das 18h de Elizabeth Jhin que estreou na última terça-feira (25), Irene Ravache logo surpreendentemente aparecerá no enredo interpretando outra importante personagem.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, a famosa será Hildegard, mãe de Danilo (Rafael Cardoso), pintor acusado de matar Júlia Castelo, mulher que Cris (Vitória Strada) foi na vida passada.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio