SEM PAPAS NA LÍNGUA

Datena humilha Guilherme de Pádua após morte do assassino de Daniella Perez: “Quinto dos infernos”

Jornalista da Band não poupou críticas à conduta do ex-ator após o crime que chocou o Brasil

Publicado em 07/11/2022

Nesta segunda-feira (07), o jornalista da Band, José Luiz Datena, titular do Brasil Urgente, não poupou críticas ao ex-ator Guilherme de Pádua, de 53 anos, que faleceu após sofrer um infarto fulminante em sua residência, em Belo Horizonte. Responsável pelo assassinato de Daniella Perez em 1992, Guilherme de Pádua nunca revelou, de fato, o verdadeiro motivo do crime contra a jovem atriz da TV Globo.

“Morre Guilherme de Pádua, assassino confesso da atriz Daniella Perez. Demorou pra morrer esse vagabundo aí né? Pois, no fim da vida, ele se arrependeu e virou pastor. Que que adianta? O cara se arrepender e virar pastor depois que ele matou? Porque ele não se arrependeu antes?”, disparou Datena.

O jornalista também relembrou a coincidência do destino, já que a morte de Guilherme de Pádua foi justamente no dia da estreia da novela intitulada Explode Coração (1995), primeira obra de Glória Perez após o assassinato de sua filha.

“Que a terra lhe seja pesada. Esse assassino frio que simplesmente tirou a vida de uma menina que tinha uma carreira brilhante pela frente e que caiu nas garras desse criminoso da pior qualidade”, finalizou o jornalista. 

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade