Conheça curiosidades de Pai Herói, que está de volta no Globoplay

A novela é um grande clássico escrito por Janete Clair

Publicado em 26/09/2021 14:04
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pai Herói, clássico de Janete Clair, é a próxima novela do arquivo da Globo a ser disponibilizada no Globoplay. A trama de 1979 é estrelada por Tony Ramos, que vive André Cajarana, um homem em busca da verdade sobre seu falecido pai.

Pai Herói é baseada numa radionovela escrita por Janete Clair em 1958, chamada Um Estranho na Terra de Ninguém, apresentada pela Rádio Nacional. A ideia de adaptá-la para a TV surgiu em razão da pressa da emissora em engatilhar uma nova novela na faixa das 20h, já que Lauro César Muniz, escalado para o horário, se ausentou por problemas de saúde.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na trama, durante sua jornada, André se envolve com Carina Brandão, personagem de Elizabeth Savalla. A personagem era uma bailarina e, por isso, deu trabalho à sua intérprete. De acordo com o Memória Globo, a atriz emagreceu e chegou a pesar 48 kg, e teve aulas com a professora Eugênia Feodorova para aprender os principais passos de dança clássica.

“Em Pai Herói o Avancini me liga e diz: ‘Savala, você vai fazer uma bailarina. Mas não é uma bailarina qualquer, é a primeira bailarina do American Ballet Theather’. Eugenia Feodorova me dava oito horas de aula de dança por dia. Eu tomava leite desnatado em pó e comia maçã para chegar no peso de uma bailarina. Em um mês ela me colocou na ponta. Anne Bancroft para fazer o filme The Turning Point ficou seis meses para fazer uma barra. Eu em um mês estava na ponta sem nunca ter feito balé na minha vida, nunca tinha posto uma sapatilha”, revelou Elizabeth Savalla.

Pai Herói foi a primeira novela de Paulo Autran, que viveu o vilão Bruno Baldaracci. A trama também marcou a estreia de Jorge Fernando, o Cirilo; e Regina Maria Dourado, a Nancy. Carlos Zara fazia sua primeira novela na Globo, vivendo o vilão Cássio.

O título provisório da novela era André de La Mancha. André Cajarana também foi cogitado, mas depois o nome mudou para Pai Herói.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio