Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
clássico

Conheça a história de Bebê a Bordo, que está de volta no Globoplay

A trama de Carlos Lombardi é protagonizada por Isabela Garcia e Tony Ramos

Publicado em 07/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Bebê a Bordo, grande sucesso do horário das sete da Globo entre 1988 e 1989, está de volta. A trama de Carlos Lombardi, protagonizada por Isabela Garcia e Tony Ramos, é o próximo clássico da dramaturgia da emissora a ser resgatado pelo Globoplay, a partir desta segunda-feira (8).

Bebê a Bordo começa com uma situação um tanto quanto inusitada. A jovem Ana (Isabela Garcia), que está grávida, se envolve num assalto por conta do namorado, Zezinho (Leo Jaime). Ao fugir da polícia, a moça faz Tonico Ladeira (Tony Ramos), um homem inseguro que acaba de perder o emprego, seu refém. Os dois acabam presos num engarrafamento dentro de um carro, quando Ana entra em trabalho de parto.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

E é assim que Tonico se vê tendo que fazer o parto de Ana, e a pequena Heleninha nasce dentro do carro. Preocupada com a proximidade da polícia, Ana foge e deixa a pequena bebê com Tonico, o que lhe traz alguns problemas. Mais adiante, Ana reaparece para buscar Heleninha, mas ela e Tonico passam a se reencontrar sempre, nas situações mais inusitadas.

Mas Ana, sem condições de criar a própria filha, acaba tomando uma atitude drástica e decide deixar Heleninha na porta da casa de uma família muito rica. A bebê, então, é acolhida por Laura (Dina Sfat), uma mulher fria e infeliz, que se tornou milionária por conta de um golpe do baú. Ela sofre com a culpa de ter abandonado sua filha, assim que ela nasceu, e decide criar Heleninha como forma de aliviar sua dor.

Porém, por ironia do destino, a filha abandonada por Laura é justamente Ana, e ela descobre que Heleninha é sua neta, passando a brigar pela sua guarda. Ao mesmo tempo, vários homens começa a disputar a paternidade da menina, já que Ana não sabe quem é o pai da bebê.

Escrita por Carlos Lombardi, com a colaboração de Luiz Carlos Fusco e Maurício Arruda, e direção de Roberto Talma, Antonio Rangel, Marcelo de Barreto e Paulo Trevisan, Bebê a Bordo tem 209 capítulos e foi exibida originalmente entre junho de 1988 e fevereiro de 1989.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....