Alfredo se fere ao fugir da polícia

Publicado há 9 meses
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alfredo (Nicolas Prattes) está cada vez mais envolvido na luta política em Éramos Seis. Juntamente com Lúcio (Jhona Burjack), o rapaz acredita que o povo precisa lutar pelos seus diretos, e contra os desmandos do presidente Getúlio Vargas, que toma medidas impopulares, que não valorizam a voz da população. Mas o filho de Lola (Gloria Pires), acabará se ferindo ao fugir da polícia.

“Ele sentou na cadeira à força. Era pra ser provisório e o que temos? Uma ameaça de ditadura. Tem que ir a uma reunião na faculdade comigo, Alfredo. Está muito alheio, desde que começou a trabalhar na loja”, cobrará Lúcio em conversa no cabaré.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais tarde, o rapaz irá com o amigo e filho de Genu (Kelzy Ecard) distribuir panfletos de oposição ao governo. “Não podemos aceitar os desmandos do Governo Provisório…”, dirá aos transeuntes, enquanto Lúcio também falará palavras de incentivo: “Vamos lutar. A ditadura está batendo à nossa porta!”.

Nisso, Tião (Izak Dahora) os alerta de que a polícia apareceu. Como naquela época, qualquer manifestação contrária ao governo era proibida, os rapazes saem correndo cada um para um lado.  Alfredo tenta pular um muro, e acaba cortando a mão em um caco de vidro.

Ele fica um tempo vendo a mão sangrar, e depois vai até um hospital. Ele não consegue ser atendido, até que Inês (Carol Macedo) aparece, e resolve ela própria cuidar de seu ferimento, deixando-o encantado. As cenas vão ao ar na próxima quarta-feira

Mais Informações, curiosidades,
sinopse, personagens e o
 resumo diário e
atualizado dos capítulos da novela Éramos Seis

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da
TV Globo, SBT, Record TV e Band

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais