Sucesso

30 dias após estrear, Mulheres de Areia impressiona e se torna a novela nº1 do Globoplay

São mais de 4.965 milhões de horas assistidas em seus primeiros 30 dias no streaming da Globo

Publicado em 01/05/2021

Pouco mais de um mês após sua estreia no Globoplay, a novela Mulheres de Areia, um grande sucesso protagonizado por Gloria Pires, tornou-se a mais assistida da plataforma. São mais de 4.965 milhões de horas assistidas em seus primeiros 30 dias no streaming da Globo, informa o estudo divulgado pela jornalista Patrícia Kogut em sua coluna no O Globo.

A mesma pesquisa contabilizou quantas horas os usuários passaram assistindo às novelas que estreavam no catálogo, durante o primeiro mês em que estiveram disponíveis. Desde maio de 2020, o Globoplay implementou uma iniciativa de lançar, a cada duas semanas, uma novela ou minissérie de sucesso do passado.

Escrita por Ivani Ribeiro e dirigida por Wolf Maya, a trama foi exibida originalmente em 1993 e até hoje é considerada um dos maiores sucessos da emissora na faixa das seis. Mulheres de Areia conta a história das irmãs gêmeas Ruth (Gloria Pires) e Raquel (Gloria Pires). A primeira é doce, boa e compreensiva.

Glória Pires como as gêmeas Raquel e Ruth em Mulheres de Areia
Glória Pires como as gêmeas Raquel e Ruth em Mulheres de Areia ReproduçãoTV Globo

A segunda é má, interesseira e cruel. A trama se passa numa cidadezinha litorânea chamada Pontal D’Areia, onde Ruth regressa depois de passar uma temporada trabalhando como professora numa fazenda.

Ali, a jovem volta a viver com os pais, Isaura (Laura Cardoso) e Floriano (Sebastião Vasconcelos), e com a irmã, Raquel. Ela também reencontra um de seus melhores amigos, Tonho da Lua (Marcos Frota), um rapaz com problemas mentais que passa os dias construindo esculturas de areia na praia, e que é apaixonado por Ruth.

Ao retornar à cidade, Ruth conhece Marcos Assunção (Guilherme Fontes), um bem-sucedido empresário que é herdeiro de uma das mais importantes famílias da região, filho de Virgílio (Raul Cortez) e Clarita Assunção (Susana Vieira). Ela se apaixona por ele, que também se encanta pela moça. Mas Raquel, interessada na fortuna dele, se aproveita da semelhança física com a irmã para seduzi-lo.

Logotipo da novela Mulheres de Areia, de 1993
Logotipo da novela Mulheres de Areia de 1993 ReproduçãoTV Globo

A vilã consegue envolver Marcos em suas artimanhas e se casa com ele, para desilusão de Ruth. Assim, a gêmea má faz gato e sapato do marido, ao mesmo tempo em que se diverte com o namorado Wanderlei (Paulo Betti), seu cúmplice em suas armações.

Mas a trama sofre uma reviravolta quando Raquel sofre um acidente no mar e é dada como morta. Ruth se aproveita da situação e assume o lugar da irmã para ficar ao lado de seu grande amor. Enquanto isso, Raquel está viva e se prepara para se vingar da irmã.

Mulheres de Areia foi escrita originalmente por Ivani Ribeiro em 1973 para a TV Tupi, na versão em que Eva Wilma deu vida às gêmeas Ruth e Raquel. A autora reescreveu a história para a Globo em 1993, unindo a ela elementos de O Espantalho, novela que escreveu para a Record em 1977.

Confira o ranking completo das novelas campeãs de audiência no Globoplay:

Mulheres de Areia: 4.965 milhões de horas assistidas

Laços de Família: 4.956 milhões

Tieta: 4.739 milhões

Chocolate com Pimenta (2003): 4.460 milhões

O Clone (2001): 2.35 milhões

Vale Tudo (1988): 2.200 milhões

A Favorita (2008): 2.090 milhões

A Indomada (1996): 1.640 milhões

Terra Nostra (1999): 1.390 milhões

Felicidade (1991): 1.350 milhões.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade