Eliminada do Popstar, Carol Trentini não descarta seguir carreira na televisão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carol Trentini mostrou toda sua versatilidade enquanto esteve no programa comandado por Tais Araújo nas tardes de domingo da Globo, o Popstar. Na atração que reúne os mais variados artistas, a modelo cantou, desfilou e levou emoção para os fãs, amigos e familiares.

O desafio de ingressar na música foi sendo estudado por meses, a modelo de fama internacional se rendeu e procurou dar o seu melhor, mas no último domingo foi eliminada. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Observatório da Televisão, Carol faz uma balanço do seu desempenho, não descarta investir na carreira de apresentadora e atriz, mas segue com foco nas passarelas. “Sou muito crítica comigo mesma, foi uma experiência única poder me desafiar e me superar”, disse a profissional que já retomou desfiles e editorias de moda nos EUA.

Confira!

Como surgiu o convite para o Popstar? Tomou um susto quando recebeu? 

“O convite veio depois de um vídeo que fiz para a Marie Claire no final do ano passado, onde eu cantava Lulu Santos no carro com meu marido. A produção entrou em contato com meu agente. Passei alguns meses pensando e acabei me rendendo à nova experiência”.

Como as canções mexeram com você? True Colors, por exemplo.

“Junto com o produtor do programa, o Ricardo, meu repertório foi escolhido porque de alguma forma as músicas me emocionavam. Preferi ser fiel ao que me tocava e todas as que cantei foram pura emoção pra mim. True Collors e Dona Cila foram as duas primeiras músicas. Eu estava bastante nervosa, mas depois acabei me entregando e deixando a emoção transbordar”.

Preparação

Como analisa as dicas e comentários que recebeu ao longo do programa? 

“Foram muito construtivas! Eu estava fazendo algo que nunca havia feito na minha vida, por isso ouvir dicas daqueles especialistas era o que eu precisava pra melhorar a cada programa. Foi uma honra ter sido avaliada por cada um dos que estiveram no júri enquanto estive no programa”.

Quantas horas de ensaio? Como eram feitas as escolhas das canções? 

“Fiz aula de música em São Paulo com um super professor chamado Ronnie. No Rio, tinha minha preparadora, a Nina, que é fono da Globo e ela foi fundamental para a minha participação no programa. A Nina me mostrou algo que eu desconhecia dentro de mim e me ajudou em tudo: na preparação da voz e também na minha autoestima. Uma das pessoas que quero levar pra vida! As escolhas eram feitas em conjunto. Falávamos algumas músicas e batíamos as que seriam boas pra mim e as que não seriam, e assim escolhíamos o repertório em consenso”.

Aprendizado

Você falou: “Gosto de aprender, de me desafiar.” Depois de tantas apresentações, que balanço faz?

“Eu sempre fui assim. Aprendi com minha mãe e irmãs. Se entro pra fazer algo, vou dar meu melhor. Foi assim com minha profissão de modelo e não seria diferente no PopStar. Vou levar só coisas maravilhosas do programa: estar naquele palco, conviver com pessoas maravilhosas do elenco, da produção… foi uma experiência única poder me desafiar e me superar”.

Com Ironic você cantou e desfilou pelo palco, uma verdadeira performance. Foram as dicas dos jurados? 

“Foi um conjunto de coisas, mas sim, foi depois de um dos jurados me falar: ‘Carol, você é a mais fora da zona de conforto de todos os participantes, que são atores ou cantores, mas você é uma super modelo, use isso a seu favor, entre pisando, desfilando’. E foi isso que eu fiz!”

Carreira

Já pensou em seguir na carreira de atriz ou apresentadora? Qual outra carreira te apetece? 

“Eu amo ser modelo, amo meu trabalho e tenho orgulho de onde cheguei com ele. Claro que não vou dizer ‘nunca’, mas acredito que cada caso tem que ser bem estudado, assim como foi no PopStar“.

Como foi o retorno do público? O que sentiu?

“Me senti e me sinto muito amada. Só tive carinho do público. As pessoas me encontram na rua e vem me elogiar, dizem que estavam torcendo por mim, que amaram minha participação. Só tenho a agradecer por tanto carinho”!

Você é muito crítica? 

“Sim! Sou muito crítica comigo mesma. Por isso, só faço aquilo onde eu possa me entregar com dedicação total”.

Depois de sair do programa, já deu saudades? Qual a sensação?

“Acabei de sair, então ainda estou anestesiada por tudo que me aconteceu nos últimos meses. Minha agenda internacional estava bloqueada por conta do programa, e agora reabrimos para os trabalhos internacionais. Já viajo na semana que vem pra trabalhar em NY e Los Angeles. A correria continua”!

Novos projetos que possa contar?

“Viajo semana que vem pra um evento da Vogue América, em NY, e depois fotografo uma campanha ainda secreta em Los Angeles. Depois disso, volto ao Brasil. Em breve, pretendo tirar alguns dias de férias pra dar uma descansada”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio