Apresentador do Hora do Venenoso pela TV Atalaia, filiada da Rede Record, fala sobre o sucesso e as comparações com Leo Dias e Fabiola Reipert

Publicado há 2 anos
Por André Júnior
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Hora do Venenoso na TV Atalaia/ Record TV é um grande sucesso na programação da emissora e teve seu apresentador escolhido sem teste algum. Erick Ricarte chegou no programa apresentando e dispersou a fúria e inveja em muitos colegas de canal. Considerado hoje um dos grandes nomes do jornalismo e do entretenimento do Nordeste, Erick falou com o Observatório da Televisão sobre a sua carreia e todas as polêmicas do Hora do Venenoso.

Sobre suas fontes, Erick diz que trabalha com muito critério na checagem dos fatos: “Tenho muitas fontes e contatos, mas sempre verifico a veracidade dos fatos, apuro tudo para não ser anti-ético, nem levar processos. Então faço tudo com muito critério e cuidado, para não dar nenhum passo errado”. Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Mayra Cardi posa amamentando a filha: “Seguimos firme”

Erick, como surgiu o convite para você fazer parte do Hora do Venenoso?

“O diretor comercial da TV Atalaia me fez o convite e eu automaticamente aceitei. Eu tinha muita convicção que a emissora iria investir e dar um grande espaço ao quadro Hora Do Venenoso e eu sabia que iria ser um sucesso. A confirmação disso veio com poucos meses após a estreia. O programa é um sucesso de popularidade e comercialmente falando! Eu sou muito grato por esta oportunidade”.

Inspiração

Dentre todos quadros Hora do Venenoso(a) das filiadas da Rede Record, qual você mais se inspira? Fabíola Reipert em São Paulo ou Amin Kader no Rio?

“As minhas inspirações sempre foram “dois venenosos” – Fabíola Reipert e o Bruno Ventura aqui de Maceió. Os dois possuem uma linguagem de trabalho muito legal que é a de soltar o veneno, mas acariciar também. O nosso foco é a informação de poder falar com toda a família, descontrair o povo na hora do almoço, sem maldades”.

De onde surgiram e por que surgiram as comparações com Leo Dias?

“Eu acredito que pelas nossas semelhanças no jeito de ser e falar. Nós nos comunicamos muito bem com os artistas, mas sinceramente eu aceito comparações. Leo Dias é um fenômeno e para mim, é uma honra ter meu nome comparado ao dele. Com certeza cada profissional tem seus pontos forte e suas características. O Leo e eu começamos de forma pequena e humilde. Ele já cresceu e se tornou muito grande e eu espero chegar lá também”!

Leo Dias é um ídolo seu?

“Claro, com certeza”!

Sonhos

Quais são seus sonhos como jornalista na TV?

“Eu sonho em ganhar mais espaço dentro da emissora, quem sabe ter um formato na TV nacional. Todos são grandes sonhos, mas nós temos que construir nosso castelo de pedrinha em pedrinha, né? Eu tenho certeza de que estou no caminho certo e continuarei com muita fé e competência a fazer o meu trabalho. E eu gosto muito de dizer: ‘Aqui ninguém tomba, bebê’”!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio