O fim do Programa do Porchat e a falta de criatividade da RecordTV

Publicado há 2 anos
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quando foi confirmado o fim do Programa do Porchat nas madrugadas, a direção da RecordTV considerou substituir o apresentador. A ideia, então, era manter o formato talk show no horário. No entanto, a conversa que se ouve agora é que, provavelmente, o Programa do Porchat não terá um substituto. Filmes e séries podem ocupar o horário, simples assim.

Paralelamente, a emissora anuncia muitas novidades para sua linha de shows de 2019. Além de novas temporadas de Dancing Brasil, Power Couple, Canta Comigo e A Fazenda, a emissora apostará, também, nas novidades Top Chef, The Four e Troca de Esposas. Será, sem dúvidas, uma linha de shows mais recheada que a deste ano. Mas basta reparar nos títulos para notar que serão formatos vindos do exterior. Além disso, o Programa da Sabrina, nos moldes como está no ar hoje, será extinto. A emissora busca um novo formato para Sabrina Sato comandar em 2019.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: Esporte Espetacular: 45 anos da revista esportiva semanal da Globo

Sabe-se que a política da RecordTV de investir mais em formatos importados e menos em programas de auditório tradicionais vem sendo colocada em prática há, no mínimo, dois anos. Mas, nota-se, o canal vem ampliando cada vez mais o espaço destas atrações. Que não são necessariamente ruins. Mas expõem a falta de capacidade da emissora de criar algo novo. Dá a impressão de que o canal vestiu de vez sua vocação em jornalismo popular e novelas bíblicas, deixando os demais pilares da grade para formatos vindos de fora. E isso é ruim.

Porchat sai, enlatados voltam

A emissora não se pronunciou oficialmente, mas o silêncio em torno do sucessor do Programa do Porchat sinaliza que o canal voltará a apostar em enlatados na faixa. Antes da estreia do comediante, o horário era ocupado pelo Repórter Record Investigação, às segundas, e séries americanas de terça a sexta. Os seriados, mais baratos e sem grandes complicações, devem retornar.

É uma pena. Programa do Porchat é um dos únicos programas alegres da linha de shows da emissora. Sem ele, ficarão os formatos prontos e o assistencialismo exacerbado de Geraldo Luís e Rodrigo Faro. Não se vê, por parte da direção da RecordTV, qualquer esforço no sentido de criar algo novo para o horário.

Não precisaria ser necessariamente um talk show. Ou, ao menos, não necessariamente um talk show de humor. Poderia ser um novo humorístico. Ou um novo programa de entrevistas. Não importa. Mas seria interessante haver algo capaz de manter vivo o horário que Fabio Porchat reavivou com muito custo.

Leia também: Encerrando mais um Dancing Brasil, Xuxa está pronta para novos desafios

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio