Carnaval 2020: Globo, SBT e Band ficam no previsível, enquanto RedeTV! tenta se reinventar

Publicado há 5 meses
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mais uma vez, o Carnaval dominou a programação das principais emissoras abertas do Brasil. Globo, SBT, Band e RedeTV! apostaram em suas transmissões de diferentes festas da folia de Momo. No entanto, até aqui, Globo, SBT e Band mostram dificuldades em sair da previsibilidade. A surpresa, então, ficou com a RedeTV!, que fez uma boa reformulação de seu Bastidores do Carnaval.

Capitaneada por Leo Dias, a mudança no Bastidores do Carnaval da RedeTV! veio bem a calhar. O novo mandachuva do TV Fama optou por valorizar a festa, as celebridades e os personagens que fazem a folia acontecer. Ou seja, a emissora abriu mão das bizarrices e dos excessos que caracterizaram o Bastidores do Carnaval desde a sua criação. A transmissão ainda teve direto à presença do próprio Leo Dias no estúdio, Nelson Rubens nos locais da festa, e reforços, como Simony e Gretchen.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos reclamaram que perdeu a graça. Mas convenhamos: as bizarrices do Bastidores do Carnaval já haviam deixado de ter graça há tempos. Os excessos eram tão comuns e banalizados, que já não despertavam mais interesse. Claro que a RedeTV! ainda precisa encontrar meios de tornar sua cobertura dos bastidores da festa menos enfadonha. Mas apostar em mais informação e humor pareceu uma saída mais sensata. O saldo é positivo até aqui.

Desfiles e trios elétricos

Enquanto isso, os demais canais não trouxeram nada de novo em suas transmissões. A Globo, como sempre, mostrou os desfiles das escolas de samba de São Paulo, e vem mostrando a folia do Rio de Janeiro. Por enquanto, a novidade foi a presença de Michelle Barros, que mostrou traquejo na condução dos desfiles da capital paulista, ao lado de Chico Pinheiro. No mais, a emissora segue com dificuldades em injetar informação na festa, preferindo uma narração superficial.

Já SBT e Band apostam, principalmente, no carnaval da Bahia. E, como sempre, a passagem dos trios elétricos não funciona como espetáculo televisivo. No fim, as transmissões destes canais servem mais para constar do que qualquer outra coisa. Tanto que o SBT já jogou a toalha, restringindo suas transmissões a horários periféricos, e sempre com pouco espaço. Em suma, nada de novo no reino de Momo.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais