Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Nova casa

Sabrina Sato deixa Record para comandar Saia Justa no GNT e pavimenta volta à Globo como estrela

Apresentadora anuncia saída da emissora e se prepara para retorno triunfal à casa que a revelou

Publicado em 16/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Sabrina Sato oficializou aquilo que se suspeitava desde o início deste ano, quando foi contratada pelo Grupo Globo. A apresentadora anunciou nesta quarta-feira (16) sua saída da Record após oito anos. Ela passa a integrar o time do Saia Justa, no canal pago GNT, e pavimenta seu retorno triunfal à emissora que a revelou duas décadas atrás, agora como uma de suas principais estrelas.

O GNT divulgou primeiro a chegada de Sabrina Sato na reformulação do Saia Justa, ao lado das também estreantes Luana Xavier e Larissa Luz. Astrid Fontenelle segue fixa no elenco. O novo quarteto estreia em 30 de março.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS TEXTOS DESTE COLUNISTA

Qual artista de cada emissora é o mais popular no Instagram? Confira o ranking
Sem bailarinas do Faustão, Luciano Huck reduz Dança dos Famosos a “dancinha” do TikTok
Globo não chama cantor de Pantanal para remake e caça música de abertura no YouTube

Minutos depois, em seu perfil no Instagram, Sabrina publicou um vídeo de três minutos comunicando seu desligamento da Record.

“Esse é um dos momentos mais felizes da minha carreira, porque mesmo recebendo todo esse amor, todo esse cuidado, eu sinto que preciso seguir. Seria fácil e confortável continuar, mas também sinto que está na hora de viver novas histórias. Eu preciso encarar novos desafios. Essa sou eu”, disse Sabrina, emocionada, agradecendo à agora ex-emissora.

A mudança para o GNT, iniciada nos primeiros dias de 2022, levantou dúvidas e originou uma “guerra” de narrativas. Em 10 de janeiro, o Instagram do Gshow, página de entretenimento da rede carioca, anunciou: “É oficial! Sabrina Sato é a nova contratada da Globo!”.

Imediatamente (e naturalmente), surgiu o questionamento se ela havia saído da Record. A emissora controlada pela Igreja Universal mexeu seus pauzinhos e usou o portal R7 para dizer que havia “liberado” sua artista para a TV paga, a exemplo do chef Felipe Bronze (apresentador de realities culinários nos dois canais).

Os estafes de Sabrina e da Record trataram de suavizar o anúncio da Globo esclarecendo à imprensa que a apresentadora estaria nas TVs aberta e por assinatura simultaneamente. Ela, inclusive, estava confirmada no comando da segunda temporada do reality Ilha Record. A partir desta quarta, oficialmente, a emissora terá que procurar outro titular para o programa.

Na Record, Sabrina Sato amadureceu como apresentadora, mas sempre pareceu estar “fora do ninho”. Extrovertida, carismática e empoderada, ela se consolidou como “marca” e explodiu nas redes sociais, com mais de 31 milhões de fãs no Instagram. O canal, entretanto, não soube aproveitar da melhor maneira Sabrina como “máquina de fazer dinheiro”, entregando à artista projetos sem a cara dela.

Enquanto crescia em outras mídias, Sabrina Sato se frustrava na TV aberta. Por exemplo, em março de 2020, quando iria assumir o Domingo Show no retorno ao dia da semana em que brilhou no Pânico (RedeTV! e Band) até 2013. A pandemia de coronavírus interrompeu o projeto, divulgado com pompas pela Record.

De ex-bailarina do Faustão (em uma época em que não havia a mesma projeção do balé atual), virou celebridade após participar do BBB 3. Sua espontaneidade e sinceridade (inclusive ao admitir que não sabia se comunicar direito, pelo sotaque arrastado do interior paulista) levaram a ex-sister ao Pânico. E ficou maior que o humorístico! Ter um programa próprio seria um caminho sem volta.

Livre, Sabrina poderá retornar à Globo com um status bem diferente de quando deixou a emissora, há 20 anos. Querida pelo mercado publicitário, pela imprensa e pelo público, encontrará apoio para trocar de casa. Mas primeiro terá que se concentrar em suas duas missões no GNT: os programas Desapegue se for Capaz e Saia Justa.

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....