Caique Aguiar volta à TV marombado e bomba como youtuber: “Estou pronto para outro reality”

Finalista de A Fazenda 10 retoma gravações em A Praça É Nossa e investe no corpo durante pandemia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Muso” de A Praça É Nossa, Caique Aguiar reaparecerá ainda mais marombado no SBT a partir desta quinta-feira (22), na primeira edição inédita do humorístico gravada durante a pandemia de coronavírus. Sem festas nem trabalhos na TV, de onde saía a maior parte de seu dinheiro, o finalista de A Fazenda 10 investiu no próprio corpo e em um canal no YouTube. Em cinco meses, ultrapassou 100 mil inscritos.

À coluna, Caique revela ter enfrentado crises emocionais enquanto não podia trabalhar nem lutar jiu-jitsu, sua principal atividade física. Atualmente, treina sozinho em casa ou em uma academia trancada (nesta semana, o governo de São Paulo flexibilizou restrições e liberou a reabertura dos espaços). “Queimava muita caloria no jiu-jitsu, do qual sou faixa preta, mas quando não pude mais só puxei ferro e comi demais. Hoje tenho 90 quilos. Antes da pandemia, tinha 84. Ganhei seis quilos só de massa muscular”, explica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A rotina como youtuber e o sucesso dos vídeos lhe devolveram a alegria e o bem-estar. “Tive momentos de tristeza, quase depressão. Fiquei muito mal. Passei a treinar em uma academia fechada, só comigo dentro. Com o canal, publico vídeos diários. Não me sinto improdutivo. Durante a pandemia, foi a minha maior fonte de renda, até porque tudo parou”, comemora.

Caique começou no YouTube participando do canal Mansão Maromba, um dos mais populares do público fitness, com mais de 2 milhões de seguidores. O ator se interessou pela plataforma e comprou câmera e computador para produzir os próprios vídeos. Além de monetizar o conteúdo, fechou patrocínio com marcas de suplementos alimentares.

Na plataforma, Caique também registra seu dia a dia no Guarujá (litoral paulista), onde decidiu se confinar, e faz pegadinhas com o pai, Carlinhos Aguiar, que é enganado mesmo com décadas de experiência nas Câmeras Escondidas do SBT. “Ele participa bastante! ‘Trollo’ meu pai demais. De tão nervoso, ele já quebrou o meu PlayStation!”, recorda, aos risos. No conteúdo mais recente, ele desespera a família ao dizer que engravidou uma mulher.

Prestes a ser tio (a irmã, Carla, está no sexto mês de gestação do primeiro filho, Murilo), Caique se preocupa com a saúde da família durante a pandemia. Ele só reencontrou os pais depois de testar negativo para Covid-19 no SBT. “Dei um abraço neles depois de muito tempo. Estou me cuidando bastante. Fui infectado no início da pandemia, mas sem sintomas graves”, afirma. A mãe, Sueli, tomou as duas doses da vacina por ser psicóloga. Carlinhos, que na última terça completou 65 anos, recebeu o imunizante nesta quarta.

Lembrado até hoje por ter sido o pivô da expulsão de Nadja Pessoa em A Fazenda, Caique se considera mais maduro e pronto para encarar um novo reality show. Uma opção pode estar também na Record. Na esteira do No Limite, relançado pela Globo só com ex-BBBs, a emissora estreará em junho o programa A Ilha, também focado em aventura, com apresentação de Sabrina Sato.

“A única vez que fiquei confinado, além da pandemia, foi na Fazenda. Foi um divisor de águas na minha carreira. Dá saudade de participar de outro reality. Tenho certeza de que agora seria ainda melhor, porque amadureci e vivi mais o meio artístico. Eu me sinto muito mais preparado. Deixei de ser só filho do Carlinhos Aguiar e passei a caminhar com as minhas próprias pernas”, avalia Caique.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio