Streaming

Elas por Elas e Como Uma Onda são as novelas do Globoplay no Projeto Resgate em janeiro de 2023

Mês também inicia novo esquema de disponibilização dos conteúdos clássicos na plataforma

Publicado em 01/12/2022

O Globoplay deve disponibilizar em janeiro de 2023 uma novela muito aguardada pela chamada “bolha noveleira”: Elas por Elas, de Cassiano Gabus Mendes, produzida em 1982 e exibida às 19h pela TV Globo. A informação é da jornalista Patrícia Kogut, em sua coluna de O Globo. Procurado pela coluna, o Globoplay confirmou a informação.

O enredo de Elas por Elas trata da reunião de sete amigas de colégio, 20 anos depois da formatura da turma, comandada por Márcia (Eva Wilma). Ela contrata os serviços do atrapalhado detetive Mário Cury, o Mário Fofoca (Luís Gustavo), para descobrir quem era a mulher que estava com seu marido quando este morreu, numa suíte de motel.

Mário Fofoca (Luís Gustavo) e Márcia (Eva Wilma) em Elas por Elas
Mário Fofoca Luís Gustavo e Márcia Eva Wilma em Elas por Elas

A tal mulher misteriosa, alcunhada de ‘Patinha’, era Wanda (Sandra Bréa), justamente a irmã do ingênuo Mário. Também tem destaque na história o romance dos jovens Gil (Lauro Corona) e Miriam (Tássia Camargo), trocados na maternidade ao nascerem. O rapaz é filho da veterinária Adriana (Esther Góes), e a moça é filha da milionária Helena (Aracy Balabanian) – uma criou o filho da outra. As duas estão entre as sete amigas.

Mário Lago, Nathalia Timberg, Carlos Zara, Joana Fomm, Maria Helena Dias, Mila Moreira, Reginaldo Faria, Cristina Pereira, Christiane Torloni, Felipe Carone, Ana Ariel, Thaís de Campos, Cássio Gabus Mendes, Ivan Cândido, Herson Capri, Laerte Morrone e Paulo Gonçalves também estão no elenco, sob a direção-geral de Paulo Ubiratan. A novela não vai ao ar desde 1985, quando teve uma reprise no Vale a Pena Ver de Novo.

Nina (Alinne Moraes), Daniel (Ricardo Pereira) e Almerinda (Joana Solnado), em Como Uma Onda
Nina Alinne Moraes Daniel Ricardo Pereira e Almerinda Joana Solnado em Como Uma Onda divulgação

A outra novela que entra em janeiro no Globoplay como parte do Projeto Resgate é Como Uma Onda, de Walther Negrão, cartaz das 18h entre novembro de 2004 e junho de 2005 e até hoje nunca reprisada. Filhas de Sinésio (Hugo Carvana) e Marileia (Denise Del Vecchio), as jovens Nina (Alinne Moraes) e Lenita (Mel Lisboa) disputam o amor do português Daniel (Ricardo Pereira).

Daniel se interessa por Nina, e os dois têm em Lenita e no mau-caráter Jorge Junqueira, o J. J. (Henri Castelli), verdadeiras pedras no sapato. J. J. assumiu parte do comando da empresa de pescados de Sinésio após a morte do pai, e deseja construir um resort que pode inviabilizar o sustento de centenas de famílias de pescadores, lideradas por Amarante (Kadu Moliterno) e Lavínia (Maria Fernanda Cândido).

Laura Cardoso, Elias Gleizer, Débora Duarte, Marcos Caruso, Mila Moreira, Tato Gabus Mendes, Louise Cardoso, Cauã Reymond, Sheron Menezzes, Gracindo Júnior, Débora Olivieri, Fernanda de Freitas, Antônio Grassi e Thaís Garayp também estão no elenco, sob direção-geral de Dennis Carvalho e Mauro Mendonça Filho.

Bernardo (Fiuk) e Cristiana (Christiana Uback), os protagonistas de Malhação ID (Divulgação/Globo)
Bernardo Fiuk e Cristiana Christiana Ubach os protagonistas de Malhação ID DivulgaçãoGlobo

A temporada de 2009 de Malhação (Malhação ID), com Fiuk, Christiana Peres e Mariana Molina, também entra no Projeto Resgate em janeiro de 2023, cerca de um mês após encerrar sua exibição no Canal Viva. O mesmo ocorre, neste mês de dezembro, com outras duas novelas recém-encerradas pelo Viva: O Beijo do Vampiro (2002-2003) e Pão-pão, Beijo-beijo (1983).

Em janeiro, segundo o o diretor de Produtos Digitais e Canais Pagos da Globo, Erick Brêtas, o Globoplay deve fazer algumas mudanças no regime de disponibilização dos títulos do Projeto Resgate. As minisséries devem ter uma janela separada de lançamento, à razão de uma por mês, sem interferir nas datas destinadas às novelas – uma a cada duas semanas, como já tem sido.

O planejamento para 2023 prevê que sejam incorporadas ao catálogo do Globoplay “quatro títulos dos anos 1970, quatro dos anos 1980 e quatro temporadas de Malhação”, segundo Brêtas. No entanto, os títulos não foram antecipados, tampouco foram dadas “dicas” aos seguidores do executivo.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade