Crápula

Quem interpretou Firmino na primeira versão da novela Renascer, em 1993?

Coronel vivido por Enrique Diaz foi criado especialmente para o remake

Publicado em 23/01/2024

Firmino é um personagem de grande destaque no remake de Renascer. O coronel vivido por Enrique Diaz foi criado especialmente para a adaptação, ou seja, não apareceu na versão de 1993.

Na novela original, Firmino não teve nenhum intérprete. Ele era apenas citado por alguns personagens na segunda fase da trama, principalmente por Teodoro (Herson Capri).

Para esclarecer, Firmino é o pai de Teodoro, que agora vai se chamar Egídio (Vladimir Brichta). Na Renascer antiga, ele se dizia dono das terras que José Inocêncio invadiu. Por isso, mandou seus jagunços despelarem o protagonista e deixá-lo à beira da morte.

Mas, ao sobreviver ao ataque, Inocêncio se instala no local e, segundo Teodoro, mata Firmino. Mas isso não fica claro na primeira versão. É mostrado apenas que Inocêncio (Leonardo Vieira/Antonio Fagundes) mata Belarmino (José Wilker) após levar um tiro do coronel.

Belarmino (Antonio Calloni) e Firmino (Enrique Diaz) em Renascer
Belarmino Antonio Calloni e Firmino Enrique Diaz em Renascer

Agora, na Renascer de 2024, Firmino é morto por Belarmino (Antonio Calloni). O marido de Nena (Quitéria Kelly) acaba com o rival antes de também partir dessa para melhor.

Anos depois, Egídio acredita que José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira) matou seu pai, por isso promete se vingar e arma algumas tocaias contra o coronel.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade